Professor é encontrado morto com sinais de espancamento em frente ao IFC, em Camboriú

A vítima apresentava também uma perfuração grande na região da nuca

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso

Arquivo pessoal

Na manhã deste domingo (8) por volta das 7h, a Central Regional de Emergência (190) recebeu ligação informando que um corpo havia sido encontrado na Rua João Acácio Simas em frente a entrada do Instituto Federal Catarinense (IFC).

Os policiais militares chegaram ao local e encontraram o corpo caído no chão com sinais de espancamento, já sem vida.

A vítima apresentava também uma perfuração grande na região da nuca. Ela foi identificada como Telmo Vieira de Souza, de 29 anos. Não há testemunhas até o momento.

Em março de 2015, Telmo foi vítima de tentativa de homicídio em Itapema. Ele foi esfaqueado por um adolescente que disse à polícia ter sido abusado sexualmente pelo professor. Não há outros boletins de ocorrência em nome de Telmo.

A vítima era professor de Educação Física em Itajaí e também já havia trabalhado como coordenador na Secretaria de Educação de Balneário Camboriú.

Esse é o terceiro homicídio do ano e também do final de semana, em Camboriú. Contabilizando junto aos de Balneário, já são seis homicídios em 2017 na região.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse
- Publicidade -