- PUBLICIDADE -

PM recupera carro furtado e prende cinco pessoas com notas falsas, em Balneário Camboriú

Eles tentaram repassar nota falsa em uma padaria; quatro deles eram adolescentes

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

Divulgação
Divulgação

A Polícia Militar realizou a prisão e a apreensão de um homem e quatro rapazes pelos crimes de receptação e moeda falsa por volta das 9h de segunda-feira, 14, na Rua Antônio Domingos da Silva, bairro da Barra, em Balneário Camboriú.

Uma guarnição da radiopatrulha recebeu a denúncia de que três indivíduos tentaram repassar dinheiro falso em uma padaria e posteriormente se evadiram do local em um veículo Peugeot de cor prata.

Munidos com as informações, os policiais efetuaram rondas pelas proximidades, momento em que avistaram um carro, com as mesmas características repassadas, estacionado na Avenida Rodesindo Pavan em frente à entrada de uma trilha que dá acesso ao mar. Em consultas da placa no sistema, foi constatado que o veículo estava com registro de furto.

Os policiais seguiram a trilha e avistaram cinco rapazes sobre uma pedra na beirada da praia. Foi solicitado apoio de outras guarnições de serviço para realizar a abordagem dos suspeitos. Após revistas pessoais nos envolvidos, foram localizadas quatro cédulas falsas de cem reais, R$ 239 em espécie e a chave do veículo furtado.

Diante dos fatos, Tcharles Iratan Walter, 31 anos foi preso e os quatro adolescentes de idade entre 15 a 17 anos foram apreendidos em flagrante.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.