- PUBLICIDADE -

Dupla de traficantes é presa com maconha e dinheiro falso no bairro Vila Real

Na casa onde era realizado o tráfico, também foram achados diversos aparelhos eletroeletrônicos de procedência duvidosa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Curso de Gastronomia da UniAvan é reconhecido com conceito 5

Infraestrutura moderna, formação dos professores e possibilidades de estágios internacionais são alguns dos diferenciais destacados

Divulgação
Divulgação

A Polícia Militar efetuou a prisão de dois homens pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e moeda falsa por volta das 16h30min da última quinta-feira, 24, no bairro Vila Real, em Balneário Camboriú.

Uma guarnição da radiopatrulha recebeu a denúncia de que havia uma movimentação intensa referente ao comércio de entorpecentes na Rua Dom José. Munidos com as informações, os policiais se dirigiram ao local para averiguações, momento em que flagraram dois homens em atitude suspeitas na via.

Foi realizada a abordagem e, após revistas pessoais, foram localizados quatro torrões de maconha e R$ 33,90 em espécie. Em diligências no imóvel foram encontrados mais três torrões e uma porção pequena de maconha, objetos para preparar e embalar a droga, além de duas cédulas de dinheiro falsificadas, uma de cem e outra de vinte reais.

No recinto também foram achados diversos aparelhos eletroeletrônicos de procedência duvidosa, os quais nenhum dos autores souberam identificar a origem.

Diante dos fatos, Cristiano Carlos Chaves, 34 anos, e Pedro Claudemir dos Santos, 33 anos, foram presos em flagrante.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.