- PUBLICIDADE -

Polícia Militar fecha seis casas de jogos de azar no final de semana, em Balneário Camboriú

Ocorrências foram atendidas na Rua Paraguai, Avenida do Estado, Rua 2650 e na Arthur Max Doose

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

jogos-de-azarDurante o último final de semana, as guarnições do 12° Batalhão de Polícia Militar atenderam seis ocorrências de jogos de azar, após de denúncias de casas que estavam em funcionamento na cidade de Balneário Camboriú. Ao todo foram apreendidos R$ 3.130,10 em espécie, três máquinas de jogos de azar, 38 placas mãe, 10 fontes de alimentação, 10 contadores de cédulas, dois aparelhos de TV, 15 monitores e duas máquinas de cartão.

No sábado (17), foram atendidas duas ocorrências de jogos de azar na Rua Paraguai, bairro das Nações. A primeira, às 17h, foi constatado um bar com uma máquina de apostas, cinco fichas com resultados, e R$ 15 em espécie. Um termo circunstanciado foi lavrado ao proprietário Gerson Vieiro, 49 anos. A segunda foi momentos mais tarde, às 19h30, onde foram apreendidas 13 máquinas contadoras de cédulas, 13 placas mãe, 10 fontes de alimentação, dois cadernos com contabilidades da casa, um aparelho de TV, um monitor e R$ 1.070 em espécie. Termos circunstanciados foram lavrados aos envolvidos Daniele Calixto, 27 anos, Edi Maria Matter, 56 anos, Jorge Nunes Pedroso, 55 anos, Jorge Pinheiro Gonçalves, 72 anos, e Vera Lucia Tessari, 55 anos.

Algum tempo depois, mais outras duas casas de jogas de azar foram descobertas na Avenida do Estado, Centro de Balneário Camboriú. Às 17h30min, na esquina com a Rua 1101, foi apreendida uma máquina de apostas, com 33 fichas de resultados e mais R$ 47,10 em espécie. A proprietária Edicleia do Rocio Prado da Rosa, 37 anos, assinou um termo circunstanciado em seu desfavor. Na mesma via, minutos após a primeira ocorrência, mais uma máquina de apostas foi apreendida, junto a um caderno de contabilidades, duas bobinas para recarregar, oito fichas com resultados e R$ 166 em espécie. Outro termo circunstanciado foi lavrado em desfavor de Ana Rosa da Silva, 38 anos.

O quinto caso aconteceu na Rua 2650. Termos circunstanciados foram lavrados à Adir Manerich, 58 anos, Jeslaine de Sousa, 25 anos, Larisa Cani, 74 anos, e Terezinha Maria Tulio, 62 anos, os quais estavam em um recinto com 11 placas mãe, 10 contadores de cédulas, uma máquina de cartão, um aparelho de TV, e R$ 1.217 em espécie. Todos os materiais também foram apreendidos.

Encerrando as ocorrências de fechamento de casas de azar, durante a tarde de domingo, na Rua Arthur Max Doose, bairro dos Pioneiros, foram apreendidas mais 14 telas de computador, 14 placas mães, uma máquina de cartão, dois cadernos de contabilidade e RS 615 em espécie. O sexto termo circunstanciado foi lavrado a Tanamar Baltazar, 52 anos, proprietário do estabelecimento.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.