- PUBLICIDADE -

Mulher é presa por estupro de vulnerável em Itajaí

A vítima relatou que a vizinha teria introduzido o dedo em seu orifício vaginal

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Nesta segunda-feira (9), a Polícia Militar foi acionada através da Central Regional de Emergência (190) para atender uma ocorrência, por volta das 23h, na Rua Professora Erotides da Silva Fontes, bairro São Vicente, em Itajaí.

Chegando ao local os policiais conversaram com a solicitante. Ela relatou que, ao chegar da faculdade, foi informada pelo pai de sua filha sobre o abuso cometido por sua vizinha.

As crianças estavam brincando, quando a mulher de 44 anos chamou a menina para dentro de sua casa. O irmão da menina percebeu a atitude estranha da mulher e acionou o seu pai.

A vítima relatou a mãe que a vizinha teria introduzido o dedo em seu orifício vaginal. Diante dos fatos, o conselho tutelar foi acionado para encaminhamento da vítima, e C.C.M foi presa por estupro de vulnerável.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.