- PUBLICIDADE -

Rapaz morre em confronto com a polícia no Bairro das Nações

Ele teria apontado uma arma para os policiais na rua Porto Rico, momento em que a PM revidou a agressão

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

Nesta sexta-feira (28), a Agência de Inteligência do 12° Batalhão recebeu a informação de que Luiz Henrique Paz dos Santos Farias, vulgo Luizinho, 20 anos, estaria com um veículo Kia Cerato com registro de roubo.

Os policiais militares avistaram o veículo Kia Cerato de cor preta, com as placas MIX-0997 de Blumenau/SC, estacionado na Rua Portugal próximo à Rua Martin Luther, no bairro da Nações, em Balneário Camboriú.

Foi então iniciado o monitoramento do referido veículo, sendo que em contato com o proprietário do veículo citado, este informou que seu veículo estava na cidade de Blumenau nas suas vistas, confirmando que o veiculo monitorado estava com placas adulteradas.

Por volta das 23h30min do mesmo dia, uns homens adentraram no veículo, saindo do local sob a escolta de um Fiat Uno de cor azul escura, que foi à frente do Kia Cerato e de um veículo Peugeot 207 Passion de cor prata, com placas de Itapoá/SC.

Os policiais militares da Agência de Inteligência passaram a coordenar o acompanhamento com uma guarnição do PPT (Pelotão de Patrulhamento Tático), que já estava em apoio na ocorrência. Os policiais militares tentaram efetuar a abordagem dos veículos na Rua Peru esquina com a Avenida Palestina, momento em que os veículos se evadiram.

O veículo Peugeot 207 foi abordado pela guarnição do PPT. Nada de ilícito foi encontrado, embora o condutor do veículo possuísse uma extensa ficha criminal. Como nada foi localizado, o veículo foi liberado.

Mais adiante, os policiais militares da Agência de Inteligência tentaram abordar o veículo Kia Cerato, quando este manobrava na rua para se evadir. Ato contínuo, o condutor do Kia Cerato jogou o veículo contra a viatura da Agência de Inteligência, se evadindo do local.

Luiz Henrique, que possuía 20 passagens, morreu em confronto com a polícia.
Luiz Henrique, que possuía 20 passagens, morreu em confronto com a polícia.

Foi então iniciado o acompanhamento do mesmo, sendo que o veiculo entrou na Rua Porto Rico, uma rua íngreme e sem saída, sendo que na metade da rua pararam o veículo e quatro homens fugiram correndo. Luizinho, que conduzia o veículo, desceu com uma arma de fogo na mão, sendo que ao entrar em uma viela, virou-se para trás, direcionando a arma de fogo para a os policiais militares, sendo que para repelir a injusta agressão que era iminente, foram efetuados quatro disparos de arma de fogo contra ele pelos dois policiais militares. Um dos disparos efetuados pela Polícia Militar, ainda no interior da viatura, atingiu Luizinho na cabeça.

Um adolescente de 15 anos também foi abordado. Os outros dois conseguiram fugir. Foi acionado o SAMU, que esteve no local e atestou o óbito. Em posse de Luizinho foi encontrado uma arma de fogo tipo revolver da marca Rossi, acabamento oxidado com numeração suprimida, com capacidade para cinco disparos, municiada com cinco munições intactas.

Em consulta ao chassi do veículo, foi constatado que trata-se do veículo Kia Cerato ano 2010/2011 de cor preta, de placas MIG-7502 de Penha/SC, este com registro de furto na cidade de Penha/SC, datado de 12/08/2015.

Diante dos fatos, foi acionada a Polícia Civil, que esteve no local e acionou o IGP e o IML, sendo que após os trabalhos de investigação e perícia, recolheram o corpo de Luizinho, sendo o adolescente de 15 anos apreendido conduzido, juntamente com o veículo até a Delegacia de Polícia.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -