- PUBLICIDADE -

DIC BC prende traficante investigado por roubo de veículos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Willian Santos de Oliveira, vilgo "Pitbull". Foto: DIC BC / Divulgação
Willian Santos de Oliveira, vilgo “Pitbull”. Foto: DIC BC / Divulgação

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu em flagrante Willian Santos de Oliveira, vulgo “Pitbull”, 23 anos, e João Paulo da Silva Junior, 21 anos, na tarde desta quarta-feira (9), em Balneário Camboriú.

Durante as investigações encetadas pelo Setor de Crimes Patrimoniais da DIC – BC constatou-se que Willian além da prática de crimes patrimoniais, também se dedicava ao tráfico de drogas, havendo ainda em seu desfavor mandado de prisão preventiva expedida pela Comarca de Mafra – SC, pela prática do crime de roubo.

Na tarde desta quarta-feira os Policiais realizaram campana na residência de Willian, visando dar cumprimento ao mandado de prisão e, depois de prendê-lo, realizaram buscas em sua residência localizada na Rua Peru, bairro das Nações, onde foi apreendida certa quantidade maconha e cocaína, um simulacro de arma de fogo (pistola) semelhante às utilizadas pelos policiais civis, aproximadamente R$ 1,5 mil além de diversos objetos de procedência duvidosa, como joias e eletroeletrônicos.

Com João Paulo, que foi preso por receptação e morava nos fundos da residência de Willian, os Policiais apreenderam um aparelho celular que havia sido subtraído em um assalto no mês de junho deste ano, e ainda a chave de um veículo Hyundai I30 que fora furtado na última segunda-feira (7), no Centro de Balneário Camboriú.

João Paulo afirmou ter comprado de Willian o celular há cerca de dois meses, pagando a importância de R$ 200, e o veículo na manhã de quarta-feira, dia 09/07/2014, pelo valor de R$ 10 mil, dos quais havia pagado somente R$ 2 mil. Após diligências, o automóvel foi encontrado estacionado próximo ao local de trabalho de João Paulo, e foi apreendido com placas clonadas de um veículo semelhante.

João Paulo teria receptado o veículo por R$ 10 mil. Fotos: DIC BC / Divulgação
João Paulo teria receptado o veículo por R$ 10 mil. Fotos: DIC BC / Divulgação

Willian foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, e ainda ouvido em interrogatório sobre os assaltos que teria cometido na região. O autor confessou que utilizou o simulacro de arma de fogo para cometer ao menos 4 (quatro) roubos de veículos, na Praia Brava, em Itajaí – SC e na cidade de Penha – SC, além do furto do veículo apreendido na tarde ontem.

O furto foi possibilitado pelo fato de Willian possuir a chave do veículo, o qual havia subtraído durante um roubo, contudo, foi recuperado no dia seguinte. No último sábado Willian reconheceu a vítima do roubo e, como estava na posse da chave, no último domingo realizou a subtração. Willian é apontado como autor de outros crimes que estão sendo investigados pela DIC de Balneário Camboriú. Willian possui diversos antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas.

João Paulo foi autuado em flagrante por receptação e, liberado após o pagamento da fiança no valor R$ 3 mil.

Após os procedimentos cartorários, Willian foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, no bairro Canhanduba, em Itajaí.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.