- PUBLICIDADE -

Trio envolvido em tentativa de latrocínio é preso

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Diego, Adriano e Paulo; Fotos: DIC BC / Divulgação
Diego, Adriano e Paulo; Fotos: DIC BC / Divulgação

A Policial Civil de Balneário Camboriu, por meio da DIC – Divisão de Investigação Criminal, concluiu inquérito policial que apurava crime de latrocínio na forma tentada e outros delitos patrimoniais ocorridos na cidade de Balneário Camboriú.

O caso

No dia 20/04/2014, por volta das 05:00 horas o veículo Renault/Clio, placas MHK1700 foi localizado na Estrada Velha da Cutia, bairro Estaleiro nesta cidade, sendo que o veículo estava completamente carbonizado e, na sequência, foi registrado na cidade de Tijucas – SC, o boletim de ocorrência onde foi relatado o crime de tentativa de latrocínio, do qual foi vítima o proprietário do veículo, Tiago Montovani Baumann.

A vítima fora abordada por volta das 04:00 horas da manhã na Barra Sul, quando saía da casa noturna localizada na Avenida Atlântica e, depois de subjugada e imobilizada mediante o emprego de um golpe conhecido como “mata leão”, Tiago foi asfixiado, o que fez com que perdesse os sentidos.

Posteriormente a vítima foi colocada no interior de seu veículo e levada até a cidade de Tijucas – SC, sendo que durante o trajeto as agressões físicas se repetiram e, antes de ser abandonada em um local ermo, as margens da SC 401 no município de Tijucas, foi violenta e brutalmente espancada até os agressores acreditarem que Tiago estivesse morto em decorrência das agressões que sofrerá, abandonando-o no local.

Depois que os assaltantes se afastaram do local onde foi abandonada, a vítima conseguiu sair do matagal e se dirigiu até a Rodovia, contudo, as pessoas que passavam pelo local hesitavam em lhe prestar auxílio, provavelmente por acreditarem que seria uma armadilha para a prática de crime de roubo. Após caminhar certo percurso, a vítima foi socorrida e, dois homens que passavam pelo local encaminharam-no para o Hospital de São José onde recebeu os primeiros atendimentos médicos.

Além do veículo acima descrito, os indiciados subtraíram alguns objetos da vítima Tiago, dentre eles um relógio, o par de tênis, carteira e o aparelho de telefone celular.

De posse do veículo da vítima Tiago, os criminosos perpetraram outro crime de roubo em Balneário Camboriú, mais precisamente na Rua 3700 na esquina com a Rua 3706. Neste crime abordaram Ana Karoline Fernandes, momento em que ela chegava a seu veículo que estava estacionado em frente a um hotel e, mediante o emprego de ameaças e força física, subtraíram sua bolsa contendo documentos e outros objetos, dentre eles um aparelho celular.

Após a prática dos delitos de roubo, os indiciados se dirigiram com o veículo da vítima Tiago até o Morro da Cutia, nas proximidades da Praia do Estaleiro em Balneário Camboriú, onde atearam fogo no veículo, destruindo-o completamente.

As investigações

Assim que o crime foi comunicado à Polícia Judiciária, foi dão início as investigações, com a identificação parcial dos autores. No dia 22/04/2014, policiais militares da cidade de Ascurra – SC, abordaram no interior de um ônibus, Paulo Messias Moura de Brito de alcunha “Paulistinha”, que segundo denúncias, estava se evadindo para a cidade de Lages – SC.

Na mesma noite, diante de outros indícios colacionados aos autos do Inquérito Policial, foi representado pela prisão preventiva de Paulo Messias, tendo o plantão judicial deferido à medida cautelar.

Na continuidade das investigações, possibilitou-se a identificação dos demais autores do crime, tratando-se de Adriano Dionizio, de alcunha “Duda” e, Diego Guilherme Araújo, os quais utilizavam a motocicleta Yamaha/Factor de cor preta com adesivos amarelos para a prática de crimes na região da Barra Sul de Balneário Camboriú – SC, especialmente na saída de casas noturnas.

Diante do vasto material probatório constante dos autos, foi representado pela prisão preventiva de Diego e Adriano, que restaram presos nos dias 09/05/2014 e 12/05/2014, nas cidades de Balneário Camboriú e Tijucas, respectivamente. Durante os interrogatórios, Paulo Messias e Diego confessaram os crimes, ao passo que Adriano permaneceu em silêncio.

No dia 14/04/2014, Agentes da DIC realizaram a recuperação do aparelho de telefone celular pertencente a vítima Ana Karoline, sendo preso e autuado em flagrante delito Leonardo Tecchio pelo cometimento do crime de receptação, eis que alegou ter adquirido o aparelho de uma pessoa desconhecida pelo importe de R$ 400,00 (quatrocentos reais), sendo que o valor de mercado do aparelho ultrapassa R$ 2.000,00 (dois mil reais). Leonardo recolheu o valor da fiança arbitrada pela Autoridade Policial e, imediatamente colocado em liberdade.

Além dos crimes que vitimaram Tiago e Ana Karoline, as investigações apontaram que os indiciados praticaram outros delitos patrimoniais nos dias anteriores, os quais serão apurados em inquéritos policiais próprios.

Paulo Messias Moura de Brito de alcunha “Paulistinha”; Adriano Dionizio, de alcunha “Duda” e Diego Guilherme Araújo foram indiciados pela pratica dos crimes de latrocínio na forma tentada, roubo, dano qualificado e associação criminosa, sendo que todos se encontram no CPVI – Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.