- PUBLICIDADE -

Decepcionado com o poder de fogo da PM, Policial Militar desabafa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Dois Policiais Militares passaram por um grande sufoco ao atender uma ocorrência de explosão de caixas eletrônicos em um supermercado de Jaraguá do Sul, por volta das 5h30 desta quinta-feira (22). Após ficarem na mira de bandidos fortemente armados, um dos policiais desabafou sobre o fraco poder de fogo da polícia.

[su_row][su_column size=”1/2″]

gol alvejado
“A nossa pistola da PM mal tirou tinta do veiculo que em seguida foi abandonado em Schroeder”, relatou inconformado. Foto: Polícia Militar / Divulgação

[/su_column]

[su_column size=”1/2″]

poste
“Fiquei atrás de um poste, enquanto um agente estava brincando de tiro ao alvo”, relatou o policial. Foto: Polícia Militar / Divulgação

[/su_column][/su_row]

Confira o relato:

[su_quote cite=”Policial do 14º BPM”]Hoje de madrugada fomos acionados pela central para atender um roubo em andamento no Angeloni da Bernardo Grubba. Eu estava de motorista. Quando estávamos quase chegando, ouvi disparos de arma de fogo. Ao entrar na rua do mercado fomos recebidos com diversos disparos em nossa direção.

Mediante isso, saímos da viatura e buscamos abrigo. Meu parceiro ficou atrás de uma arvore e eu fiquei atrás de um poste, enquanto um agente estava brincando de tiro ao alvo em nós. Foram efetuados por ele mais de 100 disparos de fuzil 762, enquanto nós estávamos com uma 12 com seis munições e cada um com uma PT/100 calibre 40.

Eu estava inicialmente pedindo apoio para a central, mas após alguns minutos percebi que não adiantava que os meus colegas de serviço chegassem no local, para serem alvejados. Lembrei que eles também possuem o mesmo tipo de armamento que nós. Só pedi para atirarem no cara que estava com o fuzil.

Após algum tempo meu parceiro foi atingido de raspão na perna. Estávamos esperando para que fôssemos atingidos. Ao menos seria só dois policiais a menos. Mas então pararam de atirar, e aí foi minha vez… Descarreguei tudo que eu tinha, que era quase nada. Então, entraram em um gol e iniciaram fuga.

Na rua lateral encontraram o setor 1 que acertou alguns tiros de 12, mas não foi possível parar. Quando eu fui entrar na viatura, vi que havia um tiro no para-brisa que atravessou o encosto de cabeça, o banco traseiro, arrebentou a grade da caixinha e só parou no porta malas da viatura. Se eu ficasse na viatura, eu seria a cabo.

Quando iniciamos o acompanhamento, lembrei que eu não tinha mais munição, e pra ser sincero, a nossa pistola da PM mal tirou tinta do veiculo que em seguida foi abandonado em Schroeder. Agora tem varias guarnições no meio do mato buscando estes caras.

Confio nos policiais, sei que esses agentes vão ser pegos. Mas hoje fiquei desacreditado no nosso poder de fogo, mesmo sabendo que no nosso batalhão tem armamento que poderia competir com este emprego contra nós. Mas tem gente que prefere só habilitar ADM, e acha que armamento fica mais bonito dentro da reserva… Mas vão ficar atrás de um poste levando tiros de fuzil, sabendo que o que tem, não vai nem atravessar a lata de um gol.

Eu e meu parceiro estamos vivos porque Deus preferiu assim. Força para todos os policiais do 14º BMP.[/su_quote]

Após o roubo em Jaraguá do Sul, os bandidos fugiram para Shroeder, onde três deles morreram. Um dos homens foi morto por um agricultor e os outros dois em confronto com a Polícia Militar. Um quarto homem ainda está foragido.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.