- PUBLICIDADE -

DIC BC prende quadrilha ligada a facção criminosa PGC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

A Policial Civil de Balneário Camboriu, por meio da DIC – Divisão de Investigação Criminal, prendeu integrantes de quadrilha responsável por diversos crimes na região, inclusive um homicídio ocorrido na cidade de Balneário Camboriú.

Das investigações

No final do mês de outubro do ano de 2013 foi iniciada investigação para apurar a atuação de uma quadrilha responsável pela prática de roubos à residência, pois no dia 20/10/2013, dois dos integrantes do bando, Rodrigo Alex Kretzschmar, vulgo “Zóinho” e Luiz Felipe Vieira da Silva Martins, vulgo “Cadelão”, estavam na posse de um veículo subtraído durante um roubo a residência ocorrido na cidade de Barra Velha – SC no dia 19/10/2013, conforme imagens captadas pelo circuito interno de um estabelecimento comercial da cidade.

Logo no início constatou-se que estava estabelecida uma organização criminosa, cujos integrantes se dedicavam ao tráfico de drogas e comercialização de armas de fogo, valendo-se, inclusive, dos “serviços” de adolescentes para as práticas delituosas, buscando com isso a impunidade.

No curso da investigação, mais especificamente no dia 18/11/2013, constatou-se que o indiciado Rodrigo Alex juntamente com outras pessoas ceifaram a vida de Deison Dutra Varela. Apurou-se na investigação, que quatro homens permaneceram no interior do veículo Peugeot/207HB XR de cor prata, placas MGF-6976 registrado na cidade de Joinville – SC, com registro de furto ocorrido na cidade de Joinville – SC em 03/11/2013, aguardando a saída da vítima que se encontrava na residência da indiciada Helena, localizada na Rua 980, Centro de Balneário Camboriú – SC.

Assim que a vítima saiu da residência, foi atacada pelos autores que, segundo informações, cada um portava uma pistola, sendo efetuados diversos disparos, sendo quatro desses disparos contra a cabeça da vítima quando já se encontrava caída na Cia pública. No local foram recolhidos 21 estojos de munições calibres 380 e .40.

A motivação do crime, segundo restou apurado, foi para vingar a morte de Jeferson Rech, ocorrido em 01/11/2013 na cidade de Camboriú – SC, eis que Deison foi um dos autores deste crime. Logo depois do crime que vitimou Jeferson, Deison empreendeu fuga para a cidade de Lages – SC, onde permaneceu até o dia 17/011/2013.

Na época do crime Deison namorava com Helena Mattos Abdallah Ramos, a qual também mantinha um relacionamento amoroso com Rodrigo Alex Kretzschmar. Helena alegou que estava grávida, fazendo com que a vítima retornasse a Balneário Camboriú – SC. Assim que chegou à cidade, Rodrigo e seus comparsas tomaram conhecimento e, a partir de então passaram a planejar a sua execução.

Das prisões

Após o Inquérito Policial ser instruído com robustas provas, a Autoridade Policial representou pela prisão dos envolvidos, sendo decretada a prisão preventiva de Rodrigo Alex Kretzschmar, vulgo “Zóinho”, Helena Matos Abdallah Ramos e José Inácio Micnowski, de alcunha “Jussa”.

No dia 22/05/2014 durante o cumprimento dos mandados de prisão expedidos em desfavor dos indiciados pela prática do crime de homicídio, restaram apreendidas drogas, arma de fogo, munições e produtos de origem duvidosa, acreditando se tratar de produtos roubados.

Na busca realizada em uma residência utilizada pelos integrantes desta organização criminosa para o armazenamento de drogas e armas, restaram apreendidas munições de calibres diversos, dentre de uso restrito das forças armadas e policiais; um revólver calibre .38; um quilo de crack; meio quilo de cocaína; balança de precisão e aproximadamente R$ 2 mil em espécie, valores auferidos com o mercadejo de drogas. Durante a ação policial, foi realizada a apreensão de um adolescente infrator que integrava o bando, sendo encaminhado à DPCAMI para as providências cabíveis.

Em razão da apreensão dos produtos ilícito, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante em desfavor de Rodrigo Alex Kretzschmar e José Inácio Micnowski, bem como instaurado Inquérito Policial para apurar a participação de outras pessoas nos crimes apurados durante as investigações.

Os indiciados foram conduzidos à sede da DIC – BC e, concluído os procedimentos cartorários, foram encaminhados ao CPVI – Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí e Presídio Regional de Itajaí – SC, onde permanecem a disposição da Justiça.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.