- PUBLICIDADE -

Caixeiros mortos em Schroeder eram de Camboriú

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

apreensao

Uma operação conjunta de diversas unidades da Polícia Militar resultou na morte de três agentes que praticaram arrombamento e furto a caixas eletrônicos com rendição de vigilantes, troca de tiros com a Polícia, cárcere privado, lesão corporal e tentativa de homicídio.

Depois de cerca de dezenove horas, o resultado da operação foi de três agentes mortos, quase de R$ 400 mil recuperados, a apreensão de dois fuzis, três pistolas, dois radiocomunicadores que copiavam a frequência da Polícia Militar, dois coletes balísticos e munições de diversos calibres de uso restrito, e um policial militar ferido.

Entenda a ocorrência

Por volta das 5h36min desta quinta-feira (22), a Polícia Militar foi acionada por integrante da equipe de segurança do Supermercado Angeloni informando que verificara, pelas câmeras do estabelecimento, arrombamento e assalto ao estabelecimento: dois homens haviam entrado no estabelecimento pelos fundos, onde está sendo realizada uma obra, e rendido um dos vigilantes.

Os dois homens estavam encapuzados e dirigiram-se em direção à área dos caixas eletrônicos, onde explodiram três deles e coletaram cédulas de R$ 50 e R$ 100, deixando cédulas de menores valores espalhadas pelo chão.

Ao saírem do estabelecimento pelo mesmo local por onde haviam adentrado, depararam-se com a chegada de guarnições do 14º Batalhão de Polícia Militar que foram empenhadas para o local, quando teve início intensa troca de tiros. Um agente fazia a segurança da dupla na área externa. Um policial, o Soldado Vilson Nogath, foi atingido superficialmente na panturrilha.

Deu-se início a uma perseguição pelas ruas do município, seguindo em direção ao município de Schroeder, onde os agentes abandonaram o veículo Gol com placas de Balneário Camboriú e adentraram na mata. Iniciou-se, então, uma incansável busca pela mata, sob chuva, envolvendo policiais militares do 14º BPM, do 8º BPM, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Companhia de Policiamento Tático (CPT) de Joinville, da 2ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, de Joinville, do Canil de Blumenau, da 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar (helicóptero Águia de Joinville) e do Ministério Público.

Por volta das 19h30min, a PM foi acionada por uma moradora de Schroeder informando que havia sido rendida em sua residência por cerca de quatro horas por um dos agentes, que foi resgatado por uma caminhonete vermelha que seguiu em direção a Guaramirim. Várias abordagens foram realizadas, mas veículo e agente não foram localizados.

Cerca de uma hora depois, novo acionamento à Emergência da PM, que foi empenhada para a rua Erich Froehner, nas proximidades de uma olaria abandonada, na localidade de Schroeder I. No local, as guarnições constataram que três agentes haviam feito moradores de uma residência reféns, sendo que em determinado momento um dos moradores reagiu, entrando em luta corporal com um dos agentes, conseguindo estrangulá-lo e promovendo um corte na região do pescoço, levando o agente, identificado como Diego Drun, 24 anos, natural de Fraiburgo e residente em Camboriú, a óbito.

Os outros dois empreenderam fuga para a mata. Deu-se início então a uma varredura nas proximidades, sendo que distante cerca de 200m os agentes foram avistados e novo confronto entre agentes e policiais militares do 14º BPM teve início. Deste confronto resultou em óbito o segundo agente, até o momento sem identificação.

Ato contínuo, policiais continuaram em buscas mata adentro, sendo que teve início nova troca de tiros, desta vez entre agentes e policiais do Bope, gerando o terceiro óbito, de Allan Pacheco Russi, 22 anos, natural de Camboriú e morador do mesmo município.

Foram localizados junto com os agentes dois fuzis, sendo um AK47 e um Parafal, três pistolas, mais de 300 munições de diversos calibres de uso restrito, dois coletes balísticos, dois rádios comunicadores, três carregadores de fuzil calibre .762 com capacidade para 68 projéteis cada, dois carregadores de fuzil calibre .762 com capacidade para 30 projéteis cada, um carregador de pistola 24/7 calibre .40, duas emulsões encartuchadas com espoleta prontas para uso (explosivos) e R$ 308.817,00, além de outros R$ 76.564,00 que foram recuperados junto aos destroços da explosão das dependências do Supermercado Angeloni.

Antecedentes dos agentes já identificados

Diego Drun – Foragido e com Mandado de Prisão em Aberto; 16 boletins de ocorrência e cinco indiciamentos; dois mandados de prisão em aberto, sendo um pelo art. 157 do Código Penal, expedido em 09/01/2014, e outro pelo art. 155 do Código Penal, expedido em 16/02/2014; fugiu do Presídio Regional de Tijucas em 04/01/2014; possui cinco boletins por Porte Ilegal de Arma, sendo um por arma de uso restrito, e ainda boletins por Lesão Corporal, Associação Criminosa (Quadrilha ou Bando), Receptação, Adulteração de Sinal Identificador de Veículo Automotor, Tráfico de Drogas, Roubo em/de Caixa Eletrônico com Explosivos.

Allan Pacheco Russi – 13 Boletins de Ocorrência, 01 indiciamento e 01 Termo Circunstanciado; os boletins são por Posse de Drogas (Maconha, Crack e Cocaína), Tráfico de Drogas (Crack e Maconha) e por Dirigir sem a Devida Habilitação


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.