DIC de Balneário Camboriú esclarece caso de mototaxista morto por engano

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, elucidou o crime de homicídio que vitimou o mototaxista Luís Fernando de Oliveira (20) ocorrido no mês de maio de 2013, no bairro Monte Alegre, em Camboriú.

O caso

No dia 11 de maio de 2013, por volta das 21h, Luís Fernando de Oliveira foi atingido por diversos disparos de arma de fogo em seu local de trabalho, no Ponto de Mototáxi Alves, localizado na Rua Monte Agulhas Negras, no bairro Monte Alegre, município de Camboriu – SC. Devido à gravidade dos ferimentos, Luís Fernando não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Os policiais plantonistas da Delegacia da Comarca de Camboriú e Monte Alegre atenderam o caso no dia dos fatos e iniciaram as primeiras investigações. A Autoridade Policial que presidiu o caso encaminhou o procedimento a DIC – BC para a continuidade das investigações.

Testemunhas do crime foram ouvidas e relataram que dois rapazes estiveram no Ponto de Mototáxi Alves a procura de um mototaxista que não se encontrava no local. No mesmo momento, Luís chegou com sua mototáxi, e foi subitamente atacado, sendo alvejado por 06 (seis) disparos de arma de fogo, conforme Laudo Pericial Cadavérico do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Balneário Camboriú.

Ainda, segundo relatos, os dois rapazes que participaram do crime chegaram e saíram do local passando em frente a uma loja de materiais de construção, localizada a poucos metros do Ponto de Mototáxi. Devido aos fatos, as câmeras de monitoramento da loja de construção foram analisadas pelos policiais da DIC, que constataram o momento em que os adolescentes Weslley Barbosa Nunes, vulgo “Leli” (15) e Leonardo Henrique Silva Oliveira (17) chegaram andando no local do crime e retornaram correndo em poucos minutos, sendo estes reconhecidos por testemunhas.

Os adolescentes foram assassinados logo após o crime, sendo Weslley Barbosa Nunes assassinado no dia 09 de junho de 2013 e Leonardo Henrique Silva Oliveira assassinado no dia 13 de junho de 2013. Ambos os crimes ocorreram no bairro Monte Alegre.

As investigações apuraram ainda que a vítima Luis Fernando, sem antecedentes criminais, teria sido morto por engano, conforme relatos de amigos e testemunhas, que informaram que o mototaxista era pessoa idônea e trabalhador. Os adolescentes tinham diversas passagens pela polícia pela prática de atos infracionais diversos, desde crimes patrimoniais (roubos), tráfico de drogas e homicídios.

Weslley havia sido identificado como autor de outros dois crimes de homicídio, tendo confessado estes crimes ocorridos no ano de 2011, além de ser apontado como autor de uma tentativa de estupro.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -