DIC de Balneário Camboriú desarticula quadrilha de estelionatários

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, desarticulou uma quadrilha de estelionatários e cumpriu na última quinta-feira, 5 de setembro, seis mandados de prisão em desfavor de Jean Denny Gomes Lucchesi Zorgetz (24), Jean Carlos Teles Machado (21), Rafael da Silva de Morais (19), Douglas Jesiel Potiguar (24), Ismael Vidor da Rosa (23) e S.A.P. (52). Cinco suspeitos da quadrilha foram presos na cidade de Caxias do Sul/RS, e outro preso na cidade de Itajaí/SC.

O caso

No dia 16 de março de 2012, parte do bando estive na casa de câmbio Multi Money, a fim de comprar dólares americanos e australianos, no valor equivalente a R$ 9.000,00 (nove mil reais). Para comprar os dólares, um dos quatro suspeitos simulou uma transferência on-line para a casa de câmbio enquanto eram atendidos pelo funcionário da empresa. Porém, no mesmo momento da falsa transferência, outro integrante do bando realizava um depósito com envelope vazio em uma agência na cidade de Balneário Camboriú.

Com este procedimento, a casa de câmbio confirmou o depósito na central da corretora localizada em São Paulo, e para finalizar a compra dos dólares, era necessário que fosse apresentado um comprovante de residência, foi quando S.A.P., que se apresentava como motorista particular dos jovens na cidade apresentou um comprovante de residência.

As investigações

A Divisão de Investigação de Criminal (DIC) de Balneário Camboriú apurou que a quadrilha utilizava o mesmo modus operandi em várias regiões do país, restando apurado que os indiciados aplicaram golpes semelhantes no estado do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Bahia.

Os criminosos procuravam operadoras de câmbio, demonstrando interesse na aquisição de moeda estrangeira, e para a consumação do crime, simulavam a transferência de valores para a conta bancária da empresa, mas na realidade depositavam um envelope vazio nos caixas de autoatendimento.

Como o crime era praticado depois do expediente bancário, e geralmente as sextas-feiras, somente no próximo expediente bancário era possível constatar a fraude, pois a operadora de câmbio se orientava pelas informações constantes da movimentação financeira e liberava o dinheiro quando realizavam a consulta.

Em posse das imagens registradas no momento do crime, bem como dos documentos apresentados na empresa, os policiais passaram a investigar os suspeitos, sendo todos identificados. Os cinco primeiros dos presos acima citados, foram identificados como moradores da cidade de Caxias do Sul/RS.

O motorista S.A.P., que auxiliou a quadrilha fornecendo comprovante de residência para a casa de câmbio, foi identificado como morador na cidade de Itajaí, e intimado a comparecer na delegacia. Em seu interrogatório, S.A.P. afirmou que trabalhava como taxista, e os suspeitos acabaram contratando os seus serviços. Após terem criado certa intimidade, S.A.P. alegou que forneceu o comprovante confiando nos suspeitos.

Diante dos indícios apurados, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva dos cinco suspeitos gaúchos, e do taxista de Itajaí. O pedido foi deferido pela 2ª Vara Criminal de Balneário Camboriú.

Na última quinta-feira, foi deflagrada a operação para a prisão dos envolvidos, e, com o apoio da DEFREC e da 1ª Delegacia de Polícia da cidade de Caxias do Sul – RS foram efetuadas as cinco prisões preventivas em desfavor de Jean Denny, Jean Carlos, Rafael, Douglas e Ismael naquela cidade, e, S.A.P. foi localizado e preso na cidade de Itajaí.

Todos os suspeitos foram encaminhados à sede da DIC, inclusive os presos na cidade de Caxias do Sul foram recambiados para esta cidade, e posteriormente conduzidos ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, no bairro Canhanduba em Itajaí onde permanecem à disposição da Justiça.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -