DIC de BC prende mais um integrante de facção criminosa

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação / Polícia Civil
Divulgação / Polícia Civil

Foi preso, pelos Agentes da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Balneário Camboriú, numa casa alugada do bairro Ilhota, em Itapema, ao meio dia de hoje (20), mais um integrante de facção criminosa suspeito de ordenar e executar ataques contra a ordem pública. Rudi Leonardo da Silva, o “Léo Gordo” estava com mandado de prisão em aberto, e também foi preso em flagrante por porte de munição de calibre restrito, já que ele portava um cartucho de munição calibre .45, não deflagrado. A prisão dele estava prevista para acontecer no último sábado (16), quando outras 70 pessoas foram presas suspeitas de participarem das ações criminosas orquestradas por facções criminosas. Mas naquela ocasião ele não estava na casa da mãe, onde morava.

Junto com “Léo Gordo”, os Policiais Civis também apreenderam um jornal que retratava os detalhes e as prisões ocorridas no último sábado. A casa onde ele estava tinha sido alugada por ele há dois dias, na tentativa de se esconder da Polícia.

De acordo com o Delegado Osnei Valdir de Oliveira, da Divisão de Investigações Criminais- DIC- de Balneário Camboriú, que coordenou a ação que culminou com a prisão, “Léo Gordo” participou de um assalto no fim do ano passado onde ele e seu comparsa roubaram um malote de uma empresa com mais de R$120 mil. “Apesar de participar de muitos assaltos de grande vulto e de movimentar quantias consideráveis através do tráfico de drogas, “Léo Gordo”, levava uma vida errante e com poucas condições de higiene. O que talvez também acontece pelas doações em dinheiro para a facção criminosa da qual fazia parte,” disse o Delegado. O preso também é suspeito de um homicídio.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -