- PUBLICIDADE -

Polícia prende sete membros de quadrilha em Itajaí

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

quadrilha

Uma operação realizada na manhã da última sexta-feira (23), no bairro Nossa Senhora das Graças, local conhecido como “Morro do Matadouro”, em Itajaí, resultou na prisão de sete pessoas. Os policiais também apreenderam 120 pedras de crack, 2 torrões de crack maiores, 2 revólveres calibre .38, sendo que um deles estava com a numeração raspada e 1 pistola, além de farta munição e dinheiro.

Carlos Alexandre Andre, vulgo “Xandão”, 26 anos, Anderson Teodoro Arosso, vulgo “Andi”, 23 anos, Ednilson Borges Tiburcio, vulgo “Nilsinho” 19 anos, Rafael José Nascimento, 31 anos, Regis Eduardo Nascimento, 19 anos, Galbino Pereira Ribeiro, 19 anos e Rosimeri Nascimento, 53 anos, foram presos por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo e formação de quadrilha.

As investigações iniciaram após os homicídios de Lucas Edenir Lessa e Luciano Leão, no final do ano passado. “Xandão” e “Andi”, integrantes de uma facção criminosa, seriam os mandantes dos crimes por não permitirem que traficantes não filiados à mesma facção, comercializassem drogas na região dominadas por eles.

O esquema criminoso

Segundo apontam as investigações, a quadrilha adquiria a droga e a armazenava na casa de “Xandão”, no bairro Promorar, em Itajaí, local onde os entorpecentes eram também picados e embalados para serem vendidos no “Morro do Matadouro”. Todo o esquema era supervisionado e coordenado por “Xandão” e “Andi”, que mandavam no morro e, inclusive, são suspeitos de coordenarem muitos assaltos na região.

Além disso, “Xandão” também é apontado como sendo o “Disciplina” do Bairro Matadouro, ou seja, ele seria o representante da facção criminosa responsável por autorizar os homicídios daquela localidade. Diante disso, o Delegado responsável pela Operação, Celso Pereira de Andrade, representou pelos mandados de prisão preventiva de ”Xandão” e “Andi”, além de outros mandados de busca e apreensão, que resultaram nas prisões em flagrante dos outros suspeitos.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.