Perseguição, confronto e morte no centro de Balneário Camboriú

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Na tarde desta sexta-feira, 05, ocorreu um assalto na JLC Construtora, na Rua 246, Bairro Andorinhas, em Itapema, onde quatro indivíduos portando armas de fogo renderam funcionários da empresa e subtraíram um malote com numerários destinados ao pagamento de salários dos funcionários. Os assaltantes deixaram o local em duas motocicletas que em seguida foram abandonadas e trocadas por um Fiat Uno, os quais teriam seguido pela BR 101 para o norte do Estado.

Policiais militares da sede do 12º BPM, informados dos fatos, avistaram um veículo com as mesmas características repassadas, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú, ocupado por quatro elementos suspeitos. Ao perceberam a presença policial, o veículo suspeito fugiu, dando início a uma perseguição por várias ruas do município.

Na altura da Rua 970, Centro, o veículo dos suspeitos chocou-se contra uma camioneta estacionada, quando então continuaram a fuga a pé. Na Rua 904 uma Guanição PM interceptou e prendeu um dos meliantes, Luiz Carlos dos Santos Jr, 28, com o qual localizou um revólver calibre 38, carregado para seis tiros, um colete balístico com emblema da Polícia Civil e cerca de R$ 12.000,00 em espécie.

Simultanemente, a Guarnição PM entrou em confronto com dois outros assaltantes, na Rua 1542, e após a troca de tiros, um deles, identificado como Marcos Vinicius dos Santos, 21, morreu no local. O outro, Luiz Fabio Correa Trubel, 26, foragido da Penitenciária de Florianópolis, foi socorrido e conduzido ao Hospital Santa Inês, em bom estado de saúde. Com ele foram apreendidas mais duas armas de fogo, uma pistola 9mm e um revólver calibre 38, ambos carregados e também com cartuchos deflagrados. O quarto suspeito, apesar das buscas, não foi localizado.

Com o morto foi encontrada ainda a importância de aproximadamente R$ 2.000,00 em espécie. Em busca veicular, os quatro capacetes usados durante o assalto em Itapema foram localizados. Policiais militares encontraram ainda num terreno baldio mais R$ 600,00, totalizando quase R$ 15.000,00, praticamanente, se não toda, a importância oriunda do roubo.

Também, durante a perseguição, os assaltantes tentaram avariar os pneus das viaturas, despejando ferros retorcidos na via, conhecidos por “miguelitos”, localizados grande parte deles numa mochila abandonada nas imediações. A polícia judiciária e técnica foram acionadas e no local tomaram as demais medidas de ordem legal.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -