- PUBLICIDADE -

Quadrilha de traficantes é presa em Itajaí

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

A Polícia Civil, por meio da equipe de Policiais da 2.ª Delegacia de Polícia de Itajaí, com o apoio de Policiais da 1.ª Delegacia de Polícia de Itajaí, prendeu em flagrante Julio Cesar Rodrigues de Jesus, vulgo “Gordo”, de 21 anos; Reinaldo Jesus Vieira Maçaneiro, de 30 anos; Silvério Eurico da Silva, vulgo “Negão”, de 33 anos; Sirlene Adelina da Silva, vulgo “Preta”, de 29 anos; e Reinaldo Alexandre Furtado, vulgo “Nado”, de 30 anos, por tráfico de drogas e associação ao tráfico, nesta segunda-feira (14), em Itajaí.

O CASO

As investigações tiveram início depois que uma denúncia apontou que “Nado”, apesar de estar no Presídio de Itajaí, onde cumpre pena por tráfico de drogas, continuava liderando um forte esquema de venda e distribuição de drogas em Itajaí e outras cidades.

Após cerca de 15 dias de investigação, os Policiais apuraram que “Nado” comunicava-se diariamente com sua esposa Sirlene, que era responsável por guardar o dinheiro proveniente do tráfico; com seu cunhado “Negão”, que era encarregado de cobrar dívidas com traficantes de outros estados e distribuir a droga; e com Julio Cesar, um dos encarregados de armazenar e acondicionar a droga e repassá-la a outros traficantes, quando solicitado por “Nado” ou “Negão”.

Durante as investigações, os Policias Civis prenderam “Gordo” em frente à residência da namorada, no Bairro São Vicente, em Itajaí, no momento em que ele se encontrava com Maçaneiro, que vinha do bairro popularmente conhecido por Brejo, para pegar 1,3 Kg de crack.

Após a voz de prisão, “Gordo” apontou onde escondia a droga. Foram apreendidos aproximadamente 2,5 Kg de crack. Com Maçaneiro foram apreendidos R$ 200 (duzentos reais) que seria uma parte do dinheiro que seria utilizada para pagar a droga.

Logo em seguida, os Policiais Civis se dirigiram até a rodoviária de Itajaí, onde prenderam “Negão”, no momento em que ele desembarcava de um ônibus proveniente do Rio Grande do Sul. Ele teria ido até o estado gaúcho para cobrar alguns traficantes, mas devido a alguns problemas, retornou com apenas R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais).

Os Policiais foram até a casa de Sirlene, onde encontraram a quantia de R$ 1.600,00 (mil e seiscentos reais) proveniente do tráfico.

“Nado”, mesmo preso, receberá voz de prisão por mais este crime.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.