Proprietários de bingo tentam subornar policiais

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Dois locais de exploração de jogos ilegais foram fechados pelos policiais da Agência de Inteligência (A.I.) do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) nos últimos dias. No total, 25 máquinas caça-níqueis foram apreendidas. Em uma das casas, os proprietários tentaram subornar os policiais e foram presos em flagrante por corrupção ativa.

Por volta das 21 horas, da última terça-feira, 26, policiais da Agencia de Inteligência (A.I) do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), após receber denuncias da existência de maquinas caça-níqueis em uma casa na rua 1926, centro de Balneário Camboriú, foram até o local indicado, onde foi observada grande movimentação de jogadores.

No momento que um dos proprietários estacionou seu veiculo na garagem, dois policiais realizaram a abordagem, momento em que o mesmo, ao perceber que se tratava de policiais, começou a agir de maneira escandalosa no intuito de alertar os jogadores e funcionários que estavam no local. Porém, outros dois policiaiss entraram simultaneamente pela segunda entrada, que dá acesso a sala da residência. Alguns envolvidos foram em direção aos policiais causando um grande tumulto e tentando liberar a passagem para os jogadores que ali estavam. Além disso, uma senhora, de posse de um facão a todo momento era incitada a utilizar o facão contra a guarnição.

A confusão ficou generalizada, resultando na saída de alguns jogadores sem serem devidamente circunstanciados, devido ao grande número de pessoas no local. Após contornada a situação, foi constatada uma sala de jogos com 21 máquinas caça-níqueis em funcionamento.

Um responsável se identificou como sendo o atendente da casa. Do local foram apreendidas as placas-mãe, noteiros, monitores LCD, R$ 700,00 (setecentos reais) que estava no interior das máquinas, além de outros produtos relacionados ao jogo.

Todo o material apreendido foi encaminhado ao 12º BPM e todos os envolvidos foram circunstanciados na forma da lei. O perito compareceu ao local para levantamento fotográfico.

Já no fim da tarde de ontem, 28, por volta das 17 horas, também os policiais da Agência de Inteligência (A.I) do 12º BPM receberam informações do Net Denuncia, que apontavam a pratica de jogos de azar em um apartamento na Avenida Brasil, também no centro da cidade.

Os militares foram até o local indicado, e, após monitoramento entraram no apartamento. Na ação, foram localizadas quatro máquinas caça-níqueis, todas em funcionamento.

A responsável pelo imóvel informou aos policiais que as máquinas não eram de sua propriedade, e que não poderia ser responsabilizada. No momento que os policiais lavravam o termo circunstanciado, a mesma recebeu uma ligação dos possíveis proprietários das máquinas, essa então informou que a polícia estava em seu apartamento e que iriam recolher todo o equipamento. O proprietário das maquinas pediu que passasse o telefone a um dos policiais, este pediu que não dessem continuidade a ocorrência, pois estaria chegando ao apartamento e teria uma proposta para a guarnição.

Em seguida chegaram ao local dois homens se identificando como proprietários das maquinas, estes ofertaram a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais) para que os policiais liberassem todo equipamento e não dessem continuidade ao procedimento, momento em que os policiais deram voz de prisão aos mesmos. Ambos foram detidos e conduzidos com todo o material envolvido na ocorrência ate Delegacia de Polícia para providências cabíveis.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -