- PUBLICIDADE -

Número de roubos dobra em Itajaí

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competência de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios engloba participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

O número de assaltos em Itajaí, segundo as estatísticas da Polícia Militar vem aumentando. De acordo com os dados repassados pela Primeira Companhia da PM de Itajaí, de janeiro até o mês de abril deste ano, foram registrados na cidade 480 assaltos. No mesmo período do ano passado, este número era de 240.

Segundo o responsável pela companhia, tenente Rodrigo Carvalho de Paulo, questões sociais, impunidade e a reincidência dos criminosos colaboram para este aumento. Para tentar amenizar a situação, a PM está traçando estratégias e mapeia os locais de risco para reforçar a segurança.

Esta atuação da polícia foi apresentada durante a reunião realizada na Intersindical Patronal de Itajaí. Durante o encontro desta terça-feira (20), a PM divulgou ainda outro dado, considerado preocupante pelos empresários: 10% dos 235 policiais de Itajaí faz a segurança do presídio, do bairro Nossa Senhora das Graças. Um efetivo de 25 PMS que poderiam estar nas ruas.

Para tentar reverter a situação, nos próximos dias os empresários devem elaborar um documento reforçando um pedido já feito pelo comando, para a Secretaria de Segurança Pública do Estado com o intuito de remanejar os policiais do presídio para a segurança externa.

Durante a reunião que durou mais de duas horas, os empresários tiveram a chance de conhecer também a realidade da Polícia Civil, representada pelo Delegado Regional, Rui Garcia. O delegado destacou o trabalho feito em parceria entre as polícias no combate a criminalidade e a preocupação com a falta de efetivo. Um problema que se repete em várias regiões do estado.

A secretária de segurança de Itajaí, Susi Bellini, também participou da reunião e foi questionada pelos empresários sobre a criação da guarda municipal. Segundo ela, essa foi uma promessa de campanha do atual prefeito Jandir Bellini e que será cumprida, mas ainda não tem data para acontecer. O que a secretária adiantou é, que o processo deve der realizado em um curto prazo. Mas alertou que a guarda municipal não será a solução para os problemas de criminalidade em Itajaí.

Para o assessor jurídico da Intersindical, Luiz Tarcísio de Oliveira, o encontro é o primeiro de uma série de reuniões e mobilizações que devem ocorrer a partir de agora, para apoiar os órgãos que seguem em busca de ações para a área da segurança pública. O assessor defende a tese de que a segurança passa por uma questão de educação e trabalho de prevenção.

Para encerrar a reunião, empresários também deram algumas sugestões, como por exemplo, investir na compra de equipamentos, armamentos e valorização financeira dos policiais. E também fizeram pedidos para reforçar a ronda em algumas regiões, entre elas o bairro São Vicente, principalmente na rua Estefano José Vanolli.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.