- PUBLICIDADE -

Secretaria de Segurança implanta Núcleo de Busca a Pessoas Desaparecidas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

nbpdbcA Secretaria de Gestão em Segurança e Incolumidade Pública, através do Gabinete de Projetos, oficializou nesta semana, o trabalho do Núcleo de Busca a Pessoas Desaparecidas de Balneário Camboriú – NBPD-BC. A iniciativa é um importante instrumento de apoio à comunidade com o intuito de localizar pessoas desaparecidas, dentre elas crianças e adolescentes. O evento aconteceu na sede da Secretaria de Segurança, na última terça-feira (16).

O secretário de Segurança, João Olindino Dão Koeddermann, abriu o evento dando boas vindas aos presentes. Na sequência o palestrante Manoel Mafra, diretor do Núcleo de Prevenção às Drogas e Combate de Pedofilia de Camboriú, apresentou o trabalho desenvolvido na cidade vizinha, projeto este que serviu como modelo para a iniciativa do NBPD-BC.

Manoel Mafra ressaltou a importância do projeto para a cidade. ”Quando se busca ajudar pessoas, todo projeto é bem vindo. Infelizmente, nos deparamos com pais desesperados, que não sabem onde estão seus filhos ou como fazem para localizá-los. É fundamental ter um suporte para oferecer. O Núcleo de Busca a Pessoas Desaparecidas tem tudo para ser bem sucedido”, enfatizou.

Estiveram presentes: o secretário de Segurança Dão Koeddermann; gestor de Projetos da Secretaria, Santiago Martin Navia; presidente da Comissão Intermunicipal de Segurança Pública – CISP, Giovane Pasa; diretor da Guarda Municipal, Adelcio Bernardino; diretor do Núcleo de Prevenção às Drogas e Combate de Pedofilia de Camboriú, Manoel Mafra; coordenador dos Agentes de Trânsito, Marcelo Fonseca Carrião; vice-presidente da Segurança Pública e Defesa do Cidadão, vereador Pedro Francês; representante do Conselho Comunitário de Segurança – Conseg/Lions, Valdir de Andrade; representando a Polícia Militar, major Jefferson Schmidt; diretor do Resgate Social, Paulo Roberto de Souza; vice-presidente do Conselho da Criança e do Adolescente, Caroline Feix; conselheira tutelar de BC, Joana Eloá Lopes Oliveira; gestor do Fundo Municipal de Trânsito, Jaime Mantelli e a imprensa regional.

De acordo com Koeddermann, a Secretaria de Segurança está entrando em uma nova fase, na qual a prestação de serviços à comunidade será ampliada. ”Esse projeto é um demonstrativo do que nós queremos fazer. Vamos atuar nessa possibilidade de estender um braço da Secretaria para apoiar as famílias no momento em que elas estão mais vulneráveis”. E destacou, ”hoje, através de uma rede, temos a possibilidade de ampliar e dar apoio às famílias, com a condição dessa parceria, para assim encontrar os desaparecidos. Fazer parte desse projeto é fantástico”, citou.

O NBPD de Balneário Camboriú buscará criar uma rede de informações em parceria com as Polícias Civil e Militar, Organizações Não Governamentais (ONGs), Conselho Tutelar, entre outras instituições parceiras que tratam da questão do desaparecimento de crianças, adolescentes e pessoas com deficiências mentais. Assim também, como idosos e adultos que estejam desaparecidos.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.