- PUBLICIDADE -

Hotel na Rua 200 usado como motel perturba moradores

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

hotel rua 200
Polícia Militar esteve no estabelecimento para verificação das denuncias recebidas

Na tarde desta terça-feira, dia 06, foi realizado na sede do 12º Batalhão de Polícia Militar, às 14 horas, a reunião com aproximadamente 22 moradores da rua 200 e entorno, com o Comandante do Batalhão – Tenente Coronel PM Renato José Thiesen, o Secretário de Gestão e Incolumidade Pública Nilson Frederico Probst, o Secretário de Assistência Social Luiz Maraschin, a fim de tratar dos graves problemas de perturbação da ordem pública ocorridos no local, perturbação esta causada dentre outros, pela prática da prostituição por homens e mulheres, aliado ao tráfico de drogas, agravada pela presença constante de menores.

Na sala de aula do 12BPM, os moradores tiveram a oportunidade de expor seus problemas, narrando situação de menores, utilizando drogas no local, traficantes atuando livremente vendendo drogas as prostitutas e travestis, pessoas fazendo sexo dentro de carros ou pelos cantos, jogando preservativos pelo chão e principalmente atentando contra o pudor das pessoas, moradores que têm que transitar pela referida rua e acabam se deparando com cenas desta natureza.

Após debatido incessantemente o assunto, chegou-se a conclusão de que o problema tem sido originado por conta de um estabelecimento existente na referida rua, conhecido por Hotel Guinsa, o qual, na realidade, segundo os moradores, vem sendo utilizado como motel, fato este confirmado por um profissional do sexo que também se fazia presente, que foi incisivo em afirmar que o Hotel vem sendo utilizado para a pratica da prostituição, e assim proporcionando a reunião diariamente de prostitutas e travestis no local. Diante desta grave situação o Comando do 12º Batalhão no cumprimento de sua missão constitucional prevista no Art 144 de nossa Carta Magna, de preservação da ordem pública, passa a intervir na situação.

Ainda nessa tarde, com base nessa grave perturbação da ordem pública, as guarnições da Polícia Militar estiveram no estabelecimento acima citado para verificação das denuncias recebidas, e no local havia indícios de consumo de crack, a contravenção penal de retenção de documentos por dívida e o uso do hotel como motel, fugindo da sua finalidade, sendo lavrada a documentação pertinente.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.