Profissionais de Saúde passam por capacitação sobre hepatites virais

Aproximadamente 40 funcionários participaram, dentre eles, enfermeiros, médicos e técnicos das Unidades de Saúde

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Shopping presenteia clientes do estacionamento com mimos especiais

Até o final de setembro, o “Blue Card – Visita Premiada” surpreenderá 1001 clientes com mimos e atrações especiais

Nesta quarta-feira, 24.jul.2019, os profissionais da saúde participaram da capacitação sobre manejo clínico e diagnóstico das hepatites virais. O curso faz parte da campanha Julho Amarelo, realizada pela Secretaria de Saúde, que busca conscientizar a população sobres os riscos das hepatites virais, forma de prevenção e a importância do teste rápido para o diagnóstico precoce.

Aproximadamente 40 funcionários participaram, dentre eles, enfermeiros, médicos e técnicos das Unidades de Saúde. “O objetivo é difundir conhecimento e fazer com que os médicos se sintam confortáveis e seguros para ajudar a tratar e diminuir este problema de saúde pública“, explica o palestrante e infectologista, Dr. Martoni Moura e Silva.

Na próxima sexta-feira, 26.jul.2019, ocorrerá novo treinamento no auditório do Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI), localizado na Rua Angelina, S/N.

Durante esta semana, a Secretaria Municipal de Saúde por meio do Centro Integrado de Solidariedade e Saúde (CISS) e pelo Centro de Testagem e Diagnóstico (CTA), está promovendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ações em alusão a campanha Julho Amarelo. As unidades de saúde do bairro Ariribá e Nova Esperança realizarão testes rápidos na sexta-feira (26). No Pronto Atendimento da Barra, as ações ocorrem todos os dias da semana.

A campanha busca principalmente reforçar a importância dos testes rápidos para detectar as hepatites virais, que se diagnosticada precocemente e tratada corretamente desde cedo, têm maior chance de cura. “É importante diagnosticar o mais cedo possível, pois existem terapias, controle da doença e especialmente para a hepatite do tipo C, existe a cura com medicamentos,” afirma o infectologista.

Fora da campanha, os testes de hepatites virais são realizados gratuitamente no CTA, que fica na Rua 2350, nº560, 3º andar, de segunda a sexta-feira das 7h às 18h.

Sobre a hepatite

A hepatite é uma inflamação no fígado, pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas. Em alguns casos, são doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando estes estão presentes, podem ser: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelos, urina escura e fezes claras.

As hepatites virais são inflamações causadas por vírus que são classificados por letras do alfabeto em A, B, C, D (Delta) e E. No Brasil, mais de 70% dos casos são decorrentes do tipo C, em seguida B e, por fim, do tipo A. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento para todos os tipos.

Hepatite A: Sua transmissão ocorre pela ingestão de água ou alimentos contaminados com matéria fecal. 
Hepatite B: Causada pelo vírus HBV, a forma de transmissão são sanguínea, sexual, por conta do vírus estar presente no esperma, e também de forma vertical, ou seja, de mãe para filho, através do leite materno. 
Hepatite C: A transmissão ocorre por meio do contato com o sangue contaminado, seja por transfusão de sangue, acidentes com material contaminado ou por meio de drogas injetáveis. Na maioria das vezes, a pessoa não sabe que tem a hepatite C e descobre através da doação de sangue ou pela realização de exames de rotina.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso
- Publicidade -