Hospital de Camboriú oferece histerectomias para moradoras

A cirurgia consiste na retirada do útero por meio de um corte no abdômen, similar à uma cesariana

Publicado em

- Publicidade -

Dores pélvicas, miomas, sangramento uterino. Alguns fatores afetam a saúde da mulher e resultam na retirada do útero. Por conta disso, o Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC) oferece histerectomias às moradoras, e também como medida preventiva. A histerectomia é realizada por médico ginecologista – credenciado pelo Município – e consiste na retirada do útero por meio de um corte no abdômen, similar à uma cesariana.

Após a cirurgia, a paciente é orientada a seguir o tratamento para alívio das dores e manter repouso por tempo determinado. Rosilda Odaci Torquarto Rosa, de 48 anos, passou pela cirurgia no HCC. Ela foi submetida a histerectomia após o surgimento de um mioma. O útero foi retirado pesando 1,3 quilos.

“Percebi uma bola no útero, ao me movimentar, e achei que estava grávida até sentir as dores. Passei por consultas com quatro ginecologistas entre janeiro e abril, até que descobri o que era. O médico do município me orientou a tratar diabetes e outra complicações antes da cirurgia”, compartilha a moradora do bairro Rio Pequeno. 

Alguns aspectos na vida da mulher alteram a longo prazo após a cirurgia. Entre eles estão a interrupção permanente do ciclo menstrual, a incapacidade de engravidar e sintomas de menopausa – no caso da histerectomia radical, que inclui a remoção dos ovários.


COMENTE ABAIXO ⬇
- Publicidade -

DESTAQUES

UniSociesc oferece ciclo de capacitação profissional aberto a comunidade

As inscrições estão sendo realizadas pelo link: www.sympla.com.br/cicap
- Publicidade -

Arranca de caminhões no Speedway neste final de semana

Catarinense de Arrancada reunirá mais de 30 trucks na disputa

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.