- PUBLICIDADE -

Vacinação contra Influenza será feita nos Centros de Educação Infantil a partir da segunda-feira, 27

As crianças devem estar na presença dos responsáveis e portando a Carteira de Vacinação

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
Vacinação contra Influenza será feita nos Centros de Educação Infantil a partir de segunda
Celso Peixoto / Divulgação

Falta somente uma semana para o fim da campanha de vacinação contra a Influenza e quase 80% do público-alvo já foi imunizado. Ainda assim, o total de crianças não vacinadas preocupa. Pouco mais da metade recebeu a imunização.

Para melhorar esse número, a partir de segunda-feira, 27.maio.2019, a Vigilância Epidemiológica, em parceria com a Secretaria de Educação, vai aos Centros Municipais de Educação Infantil para vacinar as crianças menores de seis anos. Os responsáveis foram comunicados e a vacinação ocorrerá no horário da saída. As crianças devem estar na presença dos responsáveis e portando a Carteira de Vacinação.

A campanha de vacinação ocorre até o dia 31 de maio, e deve contemplar mais de 33 mil pessoas em Balneário Camboriú. As pessoas que podem receber a dose gratuitamente são as gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, trabalhadores da área da saúde, professores, povos indígenas, idosos a partir de 60 anos, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, detentos, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -