- PUBLICIDADE -

UTI Adulto do Hospital Ruth Cardoso implanta acompanhamento odontológico

A iniciativa do cirurgião dentista na UTI diminui, em média, 30% o tempo de internação

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
UTI Adulto do Hospital Ruth Cardoso implanta acompanhamento odontológico
Divulgação

Desde março, os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC) recebem acompanhamento de um cirurgião dentista intensivista. A inclusão deste servidor, somado à equipe multiprofissional, proporciona atendimento integral aos pacientes.

A iniciativa do cirurgião dentista na UTI diminui, em média, 30% o tempo de internação e, consequentemente, ganho na oferta de leitos e redução nos gastos com medicamentos. Além disso, o risco de infecção respiratória diminui quando o cirurgião dentista cuida da saúde bucal dos pacientes no hospital. “Estatísticas da Agência Nacional de Vigilância Epidemiológica (Anvisa) mostram que 33% dos pacientes de UTI que desenvolvem essa infecção evoluem para óbito. Além disso, um episódio de Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAVM), prolonga o tempo de internação em aproximadamente 12 dias, aumentando significativamente o gasto de recursos financeiros”, explica o dentista Jerry Jean Kirschner.

Ele conta como é o procedimento no HMRC. “Ao identificar a necessidade de intervenção, o dentista comunica à equipe multiprofissional e é indicado à família do paciente o atendimento recomendado. Havendo as condições adequadas, define-se o momento oportuno para a intervenção, de maneira a solucionar focos de infecção na boca”, explica.

O acompanhamento odontológico na UTI também contribui com a equipe médica no diagnóstico de doenças causadas por fungos (candidíase) e/ou vírus (herpes). Assim como, auxilia no aprimoramento das práticas diárias de higiene bucal e atualização dos colaboradores. “Com isso, a Administração antecipou-se ao projeto de lei (PLC 34/2013), aprovado pelo Plenário do Senado Federal, em abril deste ano, que torna obrigatória a assistência odontológica à pacientes em internação hospitalar. O projeto agora segue à sanção”, ressalta a diretora do Centro de Especialidades Odontológicas, Priscilla Teixeira.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -