- PUBLICIDADE -

Hospital Municipal Ruth Cardoso atendeu mais de 600 pessoas durante o final de semana

Da população atendida, 268 são de Balneário Camboriú, 135 de Camboriú, 36 de Itapema e, o restante são de municípios

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
hospital ruth cardoso hmrc
Divulgação

O Hospital Municipal Ruth Cardoso realizou das 18h de sexta-feira, 24.maio.2019, até as 7h desta segunda-feira, 27.maio.2019, 688 atendimentos. Da população atendida, 268 são de Balneário Camboriú, 135 de Camboriú, 36 de Itapema e, o restante são de municípios como Bombinhas, Blumenau, Itajaí, Porto Belo, entre outros.

Também durante o final de semana, devido à superlotação da UTI Neonatal foi necessário fazer a transferência de três bebês para hospitais do Estado. Duas crianças foram encaminhadas ao Hospital Marieta Konder, em Itajaí, e uma foi transferida com auxilio de helicóptero para a cidade de Lages. Todos os transferidos são de Balneário Camboriú. “Apesar do hospital ser Municipal, o HMRC atende pacientes de toda a região. Devido sermos porta aberta, estamos com uma superlotação na Neonatal, e infelizmente os bebês que foram avaliados e tiveram aceite foram os bebês da nossa cidade. A escolha da transferência não é administrativa e sim técnica. Lembrando que dos 300 partos que realizamos no HMRC apenas 36% são de Balneário Camboriú, sendo o restante de outras localidades. Recebemos inclusive gestações de alto risco, o qual o hospital não é referência, mas mesmo assim acolhemos as pacientes e damos resolutividade aos atendimentos que chegam ao hospital”, explicou a secretária de Saúde, Andressa Hadad.

Conforme a secretária, para fazer a transferência dos pacientes para outros hospitais é necessária a avaliação de três médicos. “As transferências são feitas de forma muito técnica e avaliadas por três médicos, um da regulação, um do HMRC e o outro médico que vai receber o paciente. Essas transferências ocorrem conforme a avaliação da regulação do Estado, onde verifica e faz uma varredura das vagas disponíveis do sistema público de vagas da UTI Neonatal e assim encaminhamos os pacientes”, concluiu.

Depois de duas semanas com superlotação, hoje a UTI Neonatal está com sete bebês após as transferências e altas de bebês que foram liberados após o intenso trabalho dos médicos do hospital.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -