Profissionais da FME participam de curso para atendimentos emergenciais

Professores e funcionários da Academia Municipal participaram do curso “Comunidade Segura”

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Tear Escola de Negócios abre novas turmas com aulas aos sábados

Inscrições abertas para o Programa de Desenvolvimento de Líderes da Tear Escola de Negócios
Divulgação

Durante a semana do dia 8 ao dia 12 (segunda à sexta-feira), os professores e funcionários da Academia Municipal participaram do curso “Comunidade Segura”, com duração de 15 horas, ministrado pelos bombeiros do 13º Batalhão de Balneário Camboriú e em parceria com o Conseg.

O curso, que é aberto à comunidade, convidou profissionais de diversas áreas que trabalham com a população para conhecimentos de primeiros socorros e de combate a incêndios. Os assuntos abordados foram: Atendimento pré-hospitalar, queimaduras, envenenamento, imobilização, hemorragias, convulsões, paradas cardíacas e acidentes vascular cerebral (AVC). Além de todas as aulas oferecerem a prática das atividades.

O Capitão do 13º Batalhão de Bombeiros de Balneário Camboriú, Rodrigo Schardong, acredita que os conhecimentos básicos de atividade emergencial podem ajudar a salvar uma vítima até a chegada do Samu ou Bombeiros. “Ensinamos a lidar com várias situações de emergência que as pessoas se deparam no dia a dia e não sabem o que fazer. O importante para nós é as pessoas terem conhecimento do que fazer até os serviços emergenciais chegarem ao local. Atendemos ocorrências onde muitas vezes chegamos e é um grande incêndio, mas que poderia ter sido evitado no começo caso o extintor tivesse sido utilizado” explica.

Na quinta-feira, 11.abr.2019, os profissionais da FME que trabalham na Academia, participaram de um treinamento com aulas teóricas e práticas para o uso correto e ágil do equipamento desfibrilador, usado em casos de paradas cardiorrespiratórias.

Para o professor da FME e responsável pela Academia Municipal, Charles Oliveira Silva, os conhecimentos pré-hospitalares são indispensáveis, pois minimizam as consequências de um acidente. “Nós atendemos diversos públicos, pessoas de 15 a 85 anos. Temos cardíacos, diabéticos, hipertensos, etc. Precisamos estar preparados para atender uma possível emergência, é uma preparação que temos para um imprevisto. Além de que a Academia possui um desfibrilador, único local da FMEBC que conta com o aparelho, e todos os profissionais que trabalham ali, independente do período, foram capacitados para utilizar” comenta.

O presidente do Conseg, Jair Palmeira, reforça que o curso é liberado a todos os cidadãos sem distinção. “Para essa primeira turma convidamos alguns professores da Academia Municipal e outros profissionais por entendermos que são multiplicadores, e que com certeza irão nos ajudar a trazer novos interessados a fazer o curso que está liberado a todo aquele que queira participar. Estaremos formando uma nova turma para dar continuidade ao projeto e desde já convido todos a participar” finaliza.

O estabelecimento estava com o esgoto de uma pia de cozinha e outra pia de uma churrasqueira, ligadas na drenagem pluvial, caindo diretamente no Marambaia.

Posted by Click Camboriú on Friday, April 12, 2019

COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Saiba onde comemorar o aniversário de Balneário Camboriú

Balaroti realiza no dia 20 de julho uma festa especial para os clientes
- Publicidade -