- PUBLICIDADE -

Prefeitura de Itajaí repassa R$ 560 mil para o Hospital Marieta

Verba do Gabinete do Prefeito servirá para custeio da ala clínica Padre Pio

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
marieta
Google Street View / Reprodução

O Município de Itajaí entregou, na manhã desta quinta-feira (28), um cheque de R$ 560 mil para o Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen. A verba é do Gabinete do Prefeito Volnei Morastoni e será destinada para custeio da ala clínica Padre Pio por dois meses. O setor recebe emergências de toda a região, funcionando como uma semi Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e reduzindo a taxa de mortalidade no hospital.

Os recursos do gabinete são mais uma forma de incentivo do governo municipal para manutenção dos serviços do Hospital, que é referência para toda a região. Além disso, para reduzir o déficit mensal da instituição – que no início do ano era de R$ 1,2 milhão – a gestão municipal articulou com o Governo Estadual o aumento do repasse do valor de custeio do hospital, passando de R$ 600 mil para R$ 1 milhão mensais.

Neste ano, a Secretaria de Saúde de Itajaí já fez também um repasse de R$ 1,2 milhão, com recursos próprios, para manutenção da ala clínica Padre Pio.

“A ala clínica Padre Pio é um importante setor do Hospital Marieta que não pode ser fechado. Por isso, o município tem se esforçado para contribuir com a sua manutenção, garantindo assim um serviço de qualidade à população. Esse apoio também reforça nosso compromisso com a área da Saúde”, afirma o prefeito Volnei Morastoni.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -