- PUBLICIDADE -

Projetos ‘Fada do Dente’ e ‘Cantoterapia’ são realizados por voluntários no Ruth Cardoso

Nesta quarta-feira, 13, o setor de pediatria recebeu a estreia do projeto 'Fada do Dente', feito por nove alunos do curso de odontologia da Faculdade Avantis

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
Fada do dente 3
Divulgação

Quem já esteve internado em um hospital sabe como o período em que se passa nesse ambiente pode ser melancólico ou triste. Para amenizar a dor e alegrar o lugar, neste ano foram intensificadas diversas ações voluntárias no Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC), que ajudam na recuperação dos pacientes.

Nesta quarta-feira (13), o setor de pediatria recebeu a estreia do projeto “Fada do Dente”, feito por nove alunos do curso de odontologia da Faculdade Avantis e coordenado pela professora do curso, Juliana Vieira Raimondi. O objetivo da iniciativa é trabalhar a prevenção e dar orientações sobre uma boa escovação para as crianças que estão internadas, através de atividades lúdicas, como o teatro e a música.

Segundo a professora, as crianças aprovaram esse primeiro contato. “Dava pra ver os olhinhos deles brilhando de felicidade. Quero transmitir, em nome da faculdade, os agradecimentos ao Hospital Ruth Cardoso que nos acolheu muito bem”, disse. O projeto está previsto para voltar ao hospital em fevereiro, nas quartas-feiras.

Já o projeto “Cantoterapia”, com apoio do espaço “Um tom para cantar”, oferece aos pacientes do HMRC a oportunidade de ouvir voluntários cantando músicas positivas e solidárias. A próxima visita dos voluntários no hospital será no domingo (17), a partir das 15h. O projeto começou há seis meses e segundo a responsável, Susi Brito, o intuito para 2018 é ampliá-lo. “A intenção para o ano que vem é circular em mais instituições, pode ser em asilo, outros hospitais, em creche, casas para idosos”.

Todas as quartas-feiras, a partir das 19h30, os integrantes do projeto se reúnem para fazer atividades e ensaiar o repertório para o hospital, que se baseia em músicas de estilos como samba raiz, cirandas, baião, serestas e MPB, todos eles com o objetivo em comum de trazer esperança para os pacientes.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -