- PUBLICIDADE -

Balneário Camboriú oferece tratamento de saúde mental

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) II oferece tratamento para adultos com transtornos mentais graves e moderados

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

(Divulgação)
(Divulgação)

Nesta segunda-feira, 10, comemorou-se o Dia da Saúde Mental. A data foi criada no intuito de chamar a atenção pública para a questão da saúde mental, combater preconceitos e incentivar o resgate da saúde psicológica dos cidadãos. Balneário Camboriú conta com o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) II no tratamento de adultos com transtornos mentais graves e moderados.

O Caps II é composto por uma equipe interdisciplinar formada por enfermeiros, técnicos de enfermagem, médico psiquiatra, clínico geral, psicólogo, terapeuta ocupacional e assistente social. Atua em todas as etapas por meio de atividades variadas que promovem meios de resgate da cidadania e reinserção social do indivíduo acompanhado. Mensalmente, são realizados em média 900 atendimentos. O número de prontuários abertos hoje somam mais de 2900.

Entre as atividades realizadas na unidade estão os grupos terapêuticos e as oficinas terapêuticas, onde são desenvolvidas atividades para a melhora do indivíduo como um todo. Nas oficinas são realizadas atividades como música, recortes e colagem, pintura em tela e tecido, fuxico, miniaturas em argila e outros tipos de artesanato com foco terapêutico.

A coordenadora do Caps II e também psicóloga Caroline Missen, destaca a importância do serviço para a comunidade em geral. “Humanizar uma cidade é também saber lidar com o sofrimento de quem necessita de ajuda. Por ser um trabalho delicado, trabalhamos com atendimento individualizado, dependendo da necessidade de cada pessoa. Os usuários veem o Caps como uma solução de vida, pois aqui se sentem valorizados“, ressalta Caroline.

Mônica Girardi Cerutti, psicóloga do Caps II, afirma que o trabalho do Centro é de reinserção social e empoderamento de seus usuários. “Buscamos estimular e fazê-los transmitir suas emoções e sentimentos através de nossas atividades e oficinas. Todo nosso trabalho é voltado para a terapia e interação entre os usuários“, conclui Mônica. Além de oficinas na própria sede, os usuários recebem estímulo em passeios no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta para contato direto com a natureza, sessões de cinema e eventos comemorativos.

O Caps II conta com um motorista à disposição para transporte da residência à sede. O acolhimento acontece semanalmente: nas segundas e sextas-feiras no período vespertino até a 16h, e de terça à quinta-feira, das 8h as 16h.

Nesta sexta-feira, 14, o curso de cosmetologia e estética da Univali oferecerá aos usuários uma oficina de cuidado corporal, incluindo design de sobrancelha, tratamento facial, entre outros.

O Caps II está localizado na Rua Dom Henrique, n° 860, Bairro Vila Real. O horário de atendimento é das 7h às 19h sem intervalo para almoço. Mais informações pelo telefone (47) 3361-9311.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.