- PUBLICIDADE -

Balneário Camboriú registra onze casos autóctones de dengue

Além dos autóctones, três casos são classificados, atualmente, como indeterminados, em razão do deslocamento dos pacientes por várias regiões

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

(Divulgação)
(Divulgação)

Foram computados pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica (DEVE) de Balneário Camboriú, até a tarde desta terça-feira (12), onze casos de dengue contraídos dentro do município. Com quase 600 suspeitas encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Florianópolis, o setor ainda registra oito importados da doença, de munícipes que foram infectados em outras cidades do país, e um de Zika vírus, também adquirido em outra localidade.

Três casos, além dos autóctones e dos importados para dengue, são classificados, atualmente, como indeterminados, em razão do deslocamento dos pacientes por várias regiões.”Existe ainda um morador de Minas Gerais, que já retornou para seu estado, que a contraiu aqui durante uma viagem”, aponta Laís Emídio, diretora do DEVE. Com o fluxo de temporada no início do ano, em meio ao total de notificações, ainda estão 24 turistas que chegaram contaminados no município.

O departamento, após todas as confirmações, autóctones ou não, iniciou a busca de casos sintomáticos próximos às residências dos infectados e o Programa Municipal de Combate à Dengue realizou, nas mesmas áreas, a procura por focos do Aedes aegypti e o bloqueio com inseticida para mosquitos adultos.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.