- PUBLICIDADE -

Requalificação das vias segue na Avenida do Estado

A Avenida do Estado, sentido Balneário Camboriú/Itajaí, estará interditada no trecho entre as Ruas Protásio Caetano e Isidoro Caetano, nesta sexta-feira, 22

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
Requalificação das Vias Secretaria de Obras 2
Divulgação

Em função da obra de Requalificação do Eixo Viário, a Avenida do Estado, sentido Balneário Camboriú/Itajaí, estará interditada no trecho entre as Ruas Protásio Caetano e Isidoro Caetano, nesta sexta-feira (22). Para seguir pela Avenida do Estado, o condutor terá que acessar pela Rua Antônio Bitencourt até a Rua Miguel Matte, ou pela esquerda, acessando a Rua Isidoro Caetano saindo no semáforo do antigo Hospital Santa Inês.

Para diminuir os transtornos no trânsito, principalmente em horários de pico, a obra será executada das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h. Agentes de Trânsito estarão no local para auxiliar na segurança dos condutores.

A obra de requalificação das vias da cidade ocorre durante o dia, pois os equipamentos de pavimentação causam um alto nível de ruído e desconforto sonoro, o que prejudicaria o descanso dos moradores da região.

“Obras de requalificação em vias urbanas sempre causam transtornos, independentemente do horário. Além do desconforto sonoro que causaria a população à noite, buscamos um processo licitatório com menor preço e para fazermos nesse período, seria um valor bem mais alto. Procuramos sempre impactar o mínimo possível, para um melhor conforto de todos”, comentou o diretor de obras, Jaildo da Silva.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -