Fiscalização das redes de esgoto vistoria mais de 6.800 imóveis em Balneário Camboriú

Desse número, apenas 36,67% estavam com ligações adequadas

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

O programa Se Liga na Rede BC, da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), divulgou nesta terça-feira, 13, o balanço da fiscalização das redes de esgoto das residências e estabelecimentos comerciais de Balneário Camboriú. Ao todo, já foram vistoriados 6886 imóveis. Desse número, apenas 36,67% estavam com ligações adequadas, 47,74% estão com ligações inadequadas, 19,22 % foram consideradas improdutivas e 1,36% estavam inativas.

As principais irregularidades constatadas nas residências são a inexistência da caixa de gordura (35%), água pluvial conectada à rede de esgoto (25,3%), inadequações na caixa de gordura (23%), não conectado à rede esgoto (9,7%), conectado parcial à rede de esgoto (6%), existência de fossa, filtro/sumidouro (0,99%) e esgoto sanitário conectado à rede pluvial (0,76%). Dos 4210 imóveis irregulares encontrados na inspeção, 892 já foram reinspecionados. Desse número apenas 420, o equivalente a 48,76%, se regularizaram após a reinspeção.

Até o momento, as inspeções foram finalizadas nos bairros das Nações, Pioneiros, Praia dos Amores e em 30% do Centro. A fiscalização tem o objetivo de verificar a situação das ligações hidrossanitárias, através de testes de fumaça e lançamento de corantes na rede de esgoto. As reinspeções já foram iniciadas em 40% das residências do Bairro das Nações e até o fim dessa semana também começarão no Centro do município. Já no Bairro dos Pioneiros, as reinspeções iniciarão daqui 20 dias e na Praia dos Amores em 40 dias.

Caso seja encontrada alguma irregularidade os consumidores têm 45 dias para se regularizar. “Na reinspeção verificamos se as inadequações foram sanadas. Caso não tenha sido regularizado o problema, faremos a intimação onde o consumidor tem 15 dias para entrar com a defesa na EMASA. E, se mesmo assim, não for solucionado o problema, o proprietário será multado”, explicou a fiscal sanitarista do programa, Beatriz Nunes.

Confira algumas orientações do Se Liga na Rede:

– O imóvel deve ter caixa de gordura. Limpe periodicamente, coloque resíduos em recipientes plásticos e envie junto com o lixo ou doe para a reciclagem;

– Não despeje gordura de alimentos ou óleo de cozinha na rede esgoto;

– Não jogue lixo no vaso sanitário ou nas caixas de esgoto;

– A rede de esgoto da EMASA não foi projetada para receber as águas da chuva. Por isso, se fizer ligação da rede pluvial na rede de esgoto, o sistema pode transbordar, causando a proliferação de doenças e mau cheiro.

Qualquer dúvida ou informação pode ser esclarecida pelo telefone 0800 643 6272.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -