- PUBLICIDADE -

Piriquito encaminha à Câmara projeto de lei com mais um pacote de obras

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

O prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, encaminhou, na última semana, à Câmara de Vereadores, projeto de lei que reforça investimentos na reengenharia do sistema viário da cidade. Estão previstas obras de ampliação e alargamento das pistas da Avenida Martin Luther, no bairro das Nações, e a construção de viaduto sobre a Avenida do Estado para acesso à Quarta Avenida, que por sua vez terá seu traçado ampliado a partir da Rua 2.550, na região central da cidade. O custo das obras está orçado em R$ 88,1 milhões.

O objetivo é dar continuidade as obras já iniciadas, que fazem parte de uma série de medidas planejadas e articuladas para implementar melhoramentos no sistema viário que passa por completa reestruturação.

A alteração amplia a Operação Urbana Consorciada Humanizando Balneário Camboriú (OUC-HBC), passando agora a contemplar: prolongamento da Avenida Martin Luther – Rua México até Venezuela, no bairro das Nações; alargamento da Avenida Martin Luther – Rua Jamaica até México (antiga Rua Japão), no mesmo bairro; Elevado da Avenida do Estado – cruzamento entre Avenida Martin Luther, Avenida do Estado e Quarta Avenida; e prolongamento da Quarta Avenida – Rua 2.550 até 2.650, no Centro.

Para extensão e adequação do sistema viário, também estão incluídas no projeto a implantação de conexões às ruas transversais otimizando ou restringindo o acesso nas áreas de intervenção; de projeto de tratamento paisagístico; de praças e equipamentos públicos nas proximidades da área de intervenção da OUC; de área destinada ao embarque e desembarque para transporte coletivo; de sistema ciclo viário; de sinalização viária; implementação e adequação de sistema de iluminação pública; padronização dos passeios públicos; e ampliação da rede de drenagem pluvial compatível com a área para onde estão previstas intervenções.

A reengenharia do sistema viário seguirá modelo já implantado. Os investimentos do programa de intervenções, inclusive para pagamento de desapropriações das obras necessárias, utilizarão recursos da OUC-HBC. No trecho da Rua México até a Venezuela, 76 imóveis serão desapropriados enquanto que para o prolongamento da Quarta Avenida e o Elevado da Avenida do Estado outras 36 serão necessárias. Os investimentos somam R$ 65,9 milhões.

Outras 33 desapropriações referentes a áreas incluídas no projeto equivalem a gastos de R$ 22,2 milhões. Mais três desapropriações em áreas incluídas no projeto resultarão em gastos de R$ 961,1 mil.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.