- PUBLICIDADE -

Ritmo da drenagem pluvial é intenso na cidade

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

drenagem
Foto: Celso Peixoto

As etapas para a transformação do sistema pluvial de Balneário Camboriú não param. A equipe da Secretaria de Obras conclui até sexta-feira (9), se o tempo colaborar, a drenagem da Avenida Normando Tedesco, onde a rede coletora de água pluvial de cerca de 450 metros recebeu 470 tubos.

A obra deve conter os alagamentos, que eram comuns durante as chuvas de verão. A previsão, segundo o secretário de Obras, Valmir Pereira, era para a avenida ser liberada dia 11 de dezembro. Os trabalhos seguem o cronograma e ficarão prontos dentro do prazo determinado.

O prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, comenta que “são obras como estas que trazem um grande retorno à nossa sociedade, evitando transtornos como cheias constantes, além de terem grande impacto ambiental, pois melhoram os índices de balneabilidade.” Ele frisa que por tal relevância a determinação é cobrir o maior número de ruas no menor tempo possível.

Drenagem da Avenida Brasil está em fase final

Para o diretor de drenagem, Elton Garcia, esta foi à obra mais importante já feita na cidade. “O trabalho realizado na avenida, fez com que os comerciantes elogiassem o esforço da equipe ao solucionar o problema de alagamentos existente há anos”, explica.

Segundo o diretor, 80% da drenagem das ruas 3.712 a 2.300 está pronto, faltando apenas 600 metros para ser concluída. O restante da obra terá continuidade em março de 2012, após a temporada de verão.

A obra para a drenagem e construção de sistema de captação de água pluvial sob a pista da Avenida Brasil, na região central de Balneário Camboriú, prioriza a minimização do efeito de enxurradas, especialmente no Cruzamento da Avenida Brasil com ruas como 2.300, 2500, 3.300 e 3.500, onde há histórico de problemas em decorrência de represamento de água sobre a pista.

Próxima etapa: bairro Ariribá

Outra obra para ser executada ainda neste ano é a implementação de 250 metros de galeria, que atravessará o bairro Ariribá. “Queremos tirar a água da vala que sai por trás de um mercado e desviar por trás da creche nova”, explica Elton Garcia. A galeria seguirá o córrego existente no local até a mata.

Galeria da Avenida Atlântica já foi concluída

Em 28 dias, 1.600 metros de galerias pluviais foram instalados pela Secretaria de Obras na região norte da Avenida Atlântica, compreendendo as ruas 2.001 até a Avenida Central. Com o fechamento da galeria na Praça Almiranté Tamandaré, que desaguava na Praia Central, o escoamento agora é direcionado 100% para a galeria da Avenida Atlântica, que por sua vez desaguará no Canal do Marambaia.

Segundo o secretário de Obras, Valmir Pereira, em março de 2012 será iniciada a instalação das galerias em toda a região Sul da Avenida Atlântica.

“Com a galeria pluvial nesta avenida não teremos mais, na região Norte, o aspecto de esgoto, aquelas línguas pretas que se caracterizavam quando chovia. É mais uma conquista para a cidade, que atrairá mais visitantes. Uma reivindicação de anos que se concretiza antes dessa nova temporada”, salienta Piriquito.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.