Praia de Laranjeiras recebe placa de própria para banho

O último relatório divulgado pela FATMA, do dia 24 de abril, registrou o menor nível da bactéria Escherichia coli do ano

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Considerada própria para banho desde março, a Praia de Laranjeiras recebeu nesta sexta-feira, 19, a placa informativa confirmando a qualidade da água. Os índices satisfatórios permanecem após as ações de fiscalização e lacre de 20 esgotos clandestinos em Laranjeiras, realizadas pela Prefeitura de Balneário Camboriú desde o início do ano.

Assim como em Laranjeiras, vamos tratar com responsabilidade a questão da balneabilidade no Município. Já estamos com estudos e projetos para melhorar a balneabilidade das praias e a qualidade da água dos rios e mananciais. Esse é o nosso compromisso” destaca o prefeito Fabrício Oliveira.

O último relatório divulgado pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA), do dia 24 de abril, registrou o menor nível da bactéria Escherichia coli do ano, 20 por 100ml. A cada coleta e análise feita após as ações, foi constatada uma melhora significativa na qualidade da água. Na época, o nível de bactérias chegou a registrar 24196 por 100ml. O próximo passo é fazer a conexão da rede de esgoto de Laranjeiras à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Bairro Nova Esperança, para manter definitivamente o local despoluído e próprio para banho.

De acordo com o consultor da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA), Cesar Arenhart, o projeto da obra e as diretrizes já estão definidos. “A rede já existente passará por uma revisão e, se necessário, complementação para que o esgoto de Laranjeiras seja levado a ETE da Nova Esperança“.

O diretor da EMASA, Carlos Hackee, disse que o início das obras deve ser definido após um acordo ambiental entre a Prefeitura de Balneário Camboriú e Ministério Público de Santa Catarina. Uma reunião irá acontecer na próxima semana. A previsão é que as obras na rede de esgoto iniciem em junho e sejam finalizadas até o final do ano.

O secretário do Meio Ambiente, Luiz Henrique Gevaerd, afirma que a Secretaria do Meio Ambiente (Semam) prestará todo o apoio necessário à EMASA, para garantir que as obras sejam concluídas dentro do prazo estipulado. “Estamos satisfeitos com a instalação da placa em Laranjeiras, mas queremos que o problema seja totalmente solucionado. Por isso, nos manteremos em constante vigilância para manter esses índices“, conclui Gevaerd.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -