- PUBLICIDADE -

Tribunal nega liberdade a acusado de roubar R$ 100 mil de família em BC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

A 3ª Câmara Criminal negou pedido de liberdade ajuizado em favor de um homem acusado de invadir, junto a dois comparsas e com uso de arma de fogo, uma residência em Balneário Camboriú, onde teria roubado dinheiro e objetos no valor de cerca de R$ 100 mil.

No habeas corpus, a defesa requereu fosse revogada a prisão preventiva, sob alegação de inocência, uma vez que o paciente teria sido obrigado por outra pessoa a participar do crime. A defesa acrescentou que houve devolução dos bens subtraídos.

O relator do pedido, desembargador Torres Marques, lembrou “haver motivos para que subsista a custódia cautelar, pois os fatos narrados na denúncia são graves, o crime teria sido praticado mediante emprego de arma de fogo e concurso de pessoas […]”.

O magistrado ressaltou que os bens não foram recuperados, já que os comparsas fugiram com o produto do roubo. O acusado foi reconhecido pelas vítimas como autor do crime por meio de fotos. O relator disse, por fim, que a prisão se justifica por conveniência da instrução, pois “haverá necessidade de ser realizado o reconhecimento de pessoas e a segregação o garantirá, pois o paciente preso a ele não poderá se furtar”. A votação foi unânime


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.