- PUBLICIDADE -

Secretaria de Segurança promove série de palestras nas escolas

As palestras são ministradas pelo secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – As Secretarias de Segurança e de Educação de Balneário Camboriú iniciaram nesta terça-feira, 24.maio.2022 (24), a promoção de uma série de Palestras nas escolas de prevenção à violência e ao uso de drogas na juventude. A primeira conversa foi no Centro Educacional Municipal (CEM) Dona Lili, para as turmas da manhã.

As palestras são ministradas pelo secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira. A intenção é alertar os jovens sobre as escolhas certas a se fazer. “Quando jovem, as artes marciais me disciplinaram e me colocaram em um caminho que quero compartilhar com os jovens. Queremos apresentar opções e mostrar para as futuras gerações que o crime e o tráfico são um caminho sem volta”, explicou o secretário.

As conversas vão servir para mapear os interesses dos jovens com intuito de serem criados programas de contraturnos. “Devemos, junto a outras secretarias, criar programas para que os adolescentes de Balneário Camboriú não fiquem ociosos em casa e possam se interessar em áreas como esporte e tecnologia, para ocupar suas mentes e desenvolver suas habilidades”, pontuou Castanheira.

A intenção é que todas as escolas municipais recebam as palestras e que, ao menos uma vez por mês, haja uma conversa com os pais dos alunos da rede.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -