- PUBLICIDADE -

Projeto da Educação de Balneário Camboriú vence concurso estadual

O projeto “E se eu fosse você?” estimula as crianças a se colocarem no lugar de outras pessoas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

PRÊMIO ANA MOREIRA DIVULGAÇÃO 2
Divulgação

Em uma sociedade cada vez mais individualista, se colocar no lugar de outra pessoa está cada vez mais difícil. Mas, se depender das professoras Suelen Albini da Silva e Sandra Runke Santos, do Núcleo de Educação Infantil Odácia Tereza Damázio, de Balneário Camboriú essa situação vai mudar. E o primeiro passo foi dado em sala de aula. Elas criaram o projeto “E se eu fosse você?” que estimula as crianças a se colocarem no lugar de outras pessoas e vivenciar situações que as fazem refletir sobre igualdade, inclusão e respeito. O projeto foi o vencedor do Prêmio Ana Moreira de Educação Transformadora, entregue neste domingo (19) durante o Congresso Catarinense de Educação (CONCATE), em Itajaí.

O projeto é desenvolvido na turma do maternal II B, com crianças que têm 03 e 04 anos de idade, que aprendem a importância da inclusão por meio de diversas atividades lúdicas e de vivências. A escolha foi dividida em quatro etapas, dentre elas uma votação pela internet, onde o projeto recebeu quase 5 milhões de votos. “Ficamos em primeiro lugar na internet e seguimos para a última etapa, onde concorremos com outras sete cidades. Tivemos que apresentar nosso projeto durante o Congresso para uma banca com cinco doutores, que avaliaram e escolheram o nosso trabalho”, contou a professora Suelen Albini da Silva.

Desde o ano passado, os alunos estão participando de diversas atividades, que fazem com que eles se coloquem no lugar do próximo e aprendam sobre as diferenças. Negro ou branco; loiro, ruivo ou moreno; alto ou baixo; gordo ou magro foram algumas das diferenças trabalhadas em sala de aula, onde os pequenos aprenderam que cada um tem uma característica diferente, o que os torna especiais. Aprenderam também sobre deficiências com atividades lúdicas, onde vivenciavam como era ser deficiente físico ou visual, por exemplo. E as ações não ficavam apenas na sala de aula, eram compartilhadas no Núcleo, com as famílias e na comunidade escolar.

“Estamos muito felizes. Nosso maior objetivo era mesmo propagar o nosso projeto, pois acreditamos que podemos sim fazer a diferença e quando fazemos com amor e dedicação, o resultado aparece. Assim veio o prêmio. Somos gratas a todas as pessoas que de um jeito ou de outro nos apoiaram”, falou a professora Sandra Runke Santos. “Nós ficamos imensamente honradas por todos que estavam lá torcendo por nós e por todos que nos apoiaram. Nosso prêmio não foi somente o troféu, mas foi ver a cidade mobilizada nesta causa que trata de um tema fundamental que é a inclusão, a empatia, se colocar no lugar do outro. E como a gente fala, se ensinarmos nossos alunos desde pequenos sobre esses valores eles não vão se tornar adultos intolerantes e vão saber respeitar qualquer forma de diversidade”, disse Suelen.

Em 2018, o projeto “E se eu fosse você” será estendido para todos os Núcleos de Educação Infantil de Balneário Camboriú. “Foi um pedido do prefeito Fabrício Oliveira, que neste sábado participou do CONCATE, para que desenvolvêssemos o projeto nos demais núcleos. Além do impacto positivo que ele tem na vida dos alunos e familiares, esse prêmio mostra a importância do trabalho do professor e a sua função social. Mostra que o professor realmente pode fazer a diferença na vida de seus alunos, da comunidade”, disse a secretária-adjunta de Educação, Marilene Cardoso.

Além de troféu, as professoras foram premiadas com R$ 1.500,00 e o NEI Odácia Tereza Damázio, na Barra, com R$ 1.500,00.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.