Alunos do CEM Armando César Ghislandi voltaram às aulas nesta terça-feira

A obra para retirada da cobertura do CEM já foi finalizada, além de alguns reparos no local

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Estou feliz! Muitos dias longe da escola. E para falar a verdade, deu saudades”, falou com sorriso no rosto Lara Wiggers, de 10 anos, aluna do 5º ano do Centro Educacional Municipal (CEM) Professor Armando César Ghislandi. A unidade de ensino reabriu os portões para receber os estudantes de volta às aulas na manhã desta terça-feira (15), após ter sido interditada no dia 11 de julho devido ao risco de queda da cobertura do local.

A felicidade de retornar à escola era o sentimento dos alunos, que em rodas de conversas no pátio, se abraçavam ao rever os amigos num clima de descontração e alegria. Como foi o caso da aluna do 2º ano, Manoela Marques, de sete anos, que também sentiu falta do ambiente escolar. “Estava com saudades de estudar mesmo! E também da professora”, comentou a pequena. Já Mariáh Olekszyszen, de 13 anos, que está no 8º ano achou que encontraria novos colegas na escola. “Pensei que ia vê todo mundo novo, mas está tudo normal”, brincou a menina.

Os dias de aula perdidos serão repostos aos sábados e nos dias de semana onde não haveria aula, por estar agendado conselhos de classe e paradas pedagógicas, de acordo com o calendário escolar anual. Será estendido ainda, três dias no mês de dezembro para fechar o cronograma sem prejuízo aos estudantes. No total serão cinco sábados de aula, sendo um no mês de agosto, dois em setembro, um em outubro e um em novembro. O primeiro dia de reposição das aulas será neste sábado (19). Os estudantes deverão ir à escola em horário normal ao de costume, no período matutino, das 7h45 às 11h45 e no vespertino, das 13h30 às 17h30.

A proposta de reposição de aulas foi apresentada aos pais e responsáveis pelos alunos na última segunda-feira (14), em uma reunião com representantes da Secretaria de Educação e direção da escola. O novo calendário escolar foi aceito por todos os pais que compareceram ao encontro.

De acordo com a diretora da escola, Sandra Benedetti, os conselhos de classe e paradas pedagógicas com os professores serão realizados em período noturno, após os dias de aula em horário normal. Será disponibilizado ainda pela Secretaria de Educação o cronograma impresso e colorido para que todos os alunos o tenham colado em seus cadernos. (Veja o cronograma no anexo, abaixo do texto).

Segurança dos alunos

A obra para retirada da cobertura do CEM já foi finalizada, além de alguns reparos no local. A reconstrução do telhado, que deverá levar cerca de 50 dias, será executada nas próximas férias escolares, para não interferir no calendário escolar.

Na reunião desta segunda-feira (14), também foi discutido sobre a segurança dos alunos no percurso até as salas de aula, em dias de chuva, já que o CEM está sem a cobertura. De acordo com a secretária de educação, Rosângela Borba, o acesso à rampa será interditado, e os alunos deverão subir pelas escadas para não correrem o risco de escorregarem. Segundo ela será realizado, pelo Corpo de Bombeiros, um treinamento para que, nos dias de chuvas, os estudantes possam subir de forma calma e organizada as escadas. “Será agendado um dia para o treinamento, que será ministrado pelo Corpo de Bombeiros aos alunos e professores”, explicou a secretária.

Ainda como medida de segurança e ação emergencial será colocado faixas de lixa antiderrapante na escada e na rampa da escola. O corrimão que está escorregadio será lixado e pintado.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -