- PUBLICIDADE -

Ronda escolar divulga cronograma das palestras de junho, em Balneário Camboriú

As palestras são realizadas conforme solicitação da escola

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
RONDA ESCOLAR
Divulgação

O projeto Ronda Escolar, continua alertando os alunos da Rede Municipal de Ensino, sobre os malefícios do Bullying e do Cyberbullying na vida dos jovens. Para o mês de junho mais seis encontros estão agendados, sendo quatro no CEM Tomaz Francisco Garcia, um no CAIC e outro no CEM Antônio Lúcio.

Nesta sexta-feira, 9, pela manhã, o bate-papo foi para cerca de 180 alunos do CEM Ariribá, coordenado pelos guardas municipais, Adriano Ramílio e Defreyn. E na última quinta-feira, 8, a conversa foi no CEM Taquaras, para 60 alunos. A participação e envolvimento dos estudantes nos temas abordados foram bastante positivos.

As palestras são realizadas conforme solicitação da escola. “Iremos abordar todas as questões do Bullying, Cyberbullying e os perigos do jogo Baleia Azul. A postura e atitudes em cada situação dessas é diferente, principalmente quando se sabe quem são os agressores. Ressaltamos que as crianças e adolescentes não podem deixar de procurar auxílio, quando se sentirem coagidos”, contou o guarda municipal e pedagogo, Adriano Ramílio.

Confira a agenda das próximas Rondas Escolares:

12 e 13 de junho – CEM Tomaz Francisco Garcia – 14h15 e 8h30
20 de junho – CEM Tomaz Francisco Garcia – 8h30
21 de junho – CEM Tomaz Francisco Garcia – 14h15
28 de junho – CAIC- 8h
29 de junho – CEM Antônio Lúcio – 13h30


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -