Itajaí reduz em 40% a taxa de analfabetismo

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Conforme os dados preliminares do Censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano passado, Itajaí baixou em 40% a taxa de analfabetismo entre a população com 15 anos ou mais. Com essa redução, o município faz parte da elite das 100 cidades com menor índice de analfabetismo do país.

De acordo com o levantamento, Itajaí tem 2,97% da população analfabeta. Esse número é considerado excelente, visto que no Censo demográfico do ano 2000, o município estava com 4,9%.

Para incentivar os municípios a investir na alfabetização de jovens e adultos, o Ministério da Educação criou o selo Cidade Livre do Analfabetismo, destinado às cidades que, no Censo Demográfico de 2010, confrontados com os dados colhidos pelo IBGE em 2000, apresentarem taxa de analfabetismo inferior a 3%. Se o Ministério da Educação repetir os critérios utilizados nos últimos anos, Itajaí deverá receber em breve este selo.

Um dos motivos apontados para esse avanço são as políticas implantadas pela Secretaria Municipal de Educação nas sete Escolas Básicas que atendem a Educação de Jovens e Adultos. O município ainda possui três extensões durante o dia no Centro de Convivência do Idoso, no Pró-vida e no Resgate Dominante, as duas últimas, entidades que atendem a dependentes químicos, em turmas exclusivas de alfabetização.

Hoje, são quase mil alunos em 36 turmas formadas por pessoas que por diversos motivos abandonaram os estudos ou não tiveram a oportunidade e agora retornam as salas de aula em busca de qualificação.

Sob a administração da Prefeitura de Itajaí há 98 unidades de Ensino, sendo 58 Centros de Educação Infantil e 40 Escolas Básicas.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -