- PUBLICIDADE -

Custo da cesta básica cai 0,13% em Itajaí

Carne, farinha de trigo e pão francês ficaram mais baratos e puxaram a queda

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

(Divulgação)
(Divulgação)ta

Depois de seis altas consecutivas, a cesta básica na cidade de Itajaí registrou deflação em março e queda de 0,13%, passando de R$ 347,63 para R$ 347,18. Já no acumulado do ano a inflação é de 0,57% e nos últimos doze meses o custo da cesta básica acumula um aumento de 10,37%.

Os dados são coletados e analisados mensalmente pelo Projeto Cesta Básica Alimentar de Itajaí, monitorado pela equipe da Uni Junior, da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Os produtos que contribuíram para a queda no preço da cesta básica foram, a carne (12,49%) e a farinha de trigo (7,37%), que refletiu no preço final do pãozinho (5,71%). A carne e o pão francês são os produtos de maior relevância no custo da cesta básica, representam 32,85% e 14,70%, respectivamente, no total da cesta.

As principais altas no mês de março foram percebidas no preço da banana branca (29,62%), da batata (29,33%), da manteiga (22,28%), do óleo de soja (8,05%) e do tomate (3,22%).

Em 2016, o produto que mais aumentou de preço foi a banana, com alta de 46,99%, e nos últimos doze meses foram a manteiga, com 49,58%, e a batata, com 41,61%. Proporcionalmente ao seu peso, a carne, com 17,08% de aumento nos últimos 12 meses, é o produto de maior impacto no custo da cesta básica.

Com a redução pouco expressiva no custo da cesta básica em Itajaí, o poder de compra do trabalhador itajaiense praticamente se manteve. O custo da cesta básica sobre o salário mínimo passou de 39,50% em fevereiro para 39,45% em março. Em termos de horas de trabalho para aquisição da cesta, passou de 86 horas e 54 minutos para 86 horas e 48 minutos.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.