APM Terminals Itajaí quebra o segundo recorde de produtividade em menos de 30 dias

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A APM Terminals Itajaí acaba de registrar um novo recorde de produtividade durante a operação do navio Cap George, quando chegou a completar 85.45 movimentos por hora (MPH) operando com dois guindastes (portêineres) simultaneamente. O recorde anterior com dois equipamentos era de 81.99 movimentos por hora. A nova marca reforça a posição da APM Terminals como o terminal com melhor produtividade por guindastes do Sul do País.

Neste mesmo navio, a média de produtividade por guindaste foi de 46,36 movimentos/hora, níveis muito próximos da operação de portos asiáticos de última geração. Essa foi a segunda quebra de recorde em produtividade registrada pelo terminal em menos de um mês. A primeira ocorreu durante a operação do navio CMA CGM Azure, onde foram movimentados 2.900 contêineres a uma média de 98 movimentos por hora. A diferença é que no CMA CGM Azure foram utilizados dois portêinres e um guindaste móvel de terra.

Segundo o diretor-superintendente da APM Terminals Itajaí, Ricardo Arten, este marco é bastante significativo para a empresa. “Alta produtividade aliada a uma operação segura é o que o mercado vem buscando. E mais importante que isto, prestar um serviço ágil e eficiente para todos os envolvidos na cadeia, do armador ao transportador que vem a APM retirar ou entregar contêineres faz toda a diferença”.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -