- PUBLICIDADE -

Começa safra da tainha

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

tainhaA safra da tainha começou na última semana, e aqueles que adoram este tipo de peixe podem adquiri-lo no Mercado do Peixe ainda nesta semana. A pesca artesanal já começou na última semana e a industrial foi liberada para pesca nesta terça-feira (15). A expectativa de venda para esta safra é de 4 mil toneladas, superando 15% a venda do ano passado. O valor a ser vendido dever ser próximo a R$ 4,50 o quilo.

Nesta safra, muitos barcos não conseguiram a liberação para poder realizar a pesca da tainha. De acordo com a portaria 171, apenas 60 barcos da região sul e sudeste obtiveram a liberação. A pesca será feita apenas do Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul. No ano passado foram 82 barcos que tiveram liberação. Sendo assim, no dia 28 de junho, quando é comemorada a semana do pescador, a ideia é unir um grupo de pescadores que possam sugerir mudanças a esta portaria, para que a próxima safra seja mais proveitosa.

O Secretário da Pesca e Aquicultura da Prefeitura de Itajaí, Agnaldo Hilton dos Santos, salienta que existem diversos fatores que ajudam a obter um bom resultado nesta pesca. O clima é um deles. Mesmo assim, ele acredita que pode ser realizada uma boa safra.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.