- PUBLICIDADE -

SC se destaca para novos investimentos em casas noturnas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

NOTIC 20120305153559Casa20noturna.jpgw1000h1000
A região de Santa Catarina se destaca como polo de baladas eletrônicas no Brasil e ganhou o apelido de "Ibiza brasileira"

A musica eletrônica já se tornou um dos negócios mais rentáveis do País, com uma movimentação R$ 2,5 bilhões ao ano e 19,5 milhões de consumidores só no Brasil, segundo levantamento da Rio Music Conference (RMC), maior feira de negócios do setor na América Latina. Na conta, entram desde os ingressos de casas noturnas e cachês pagos a DJs à venda de bebidas e patrocínio de empresas a eventos e boates.

A região de Santa Catarina se destaca como polo de baladas eletrônicas no Brasil e ganhou o apelido de “Ibiza brasileira”. Em um raio de 250 quilômetros, incluindo Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau e Itajaí , há cerca de 50 clubes, com capacidade para suportar um publico de 5 mil a 10 mil pessoas.

Um deles é a Green Valley, construído há quatro anos em Balneário Camboriú por quatro empresários gaúchos. Com uma visão empreendedora, Eduardo Philipps, um dos sócios, declara que eles já trabalhavam na noite a 17 anos provendo shows de vários estilos musicais, mas viram na música eletrônica uma nova oportunidade.

A casa para até 11 mil pessoas tem 2 mil metros quadrados de construção, duas pistas de dança, três lagoas artificiais e jardim com 70 coqueiros. Em 2011, segundo Philipps, a Green Valley faturou R$ 5,5 milhões e movimento de cerca de 1 milhão de pessoas só no ano passado.

Novos investimentos

Empresas estrangeiras também já viram o potencial do mercado da “e-music” brasileira. O Space Ibiza, uma das maiores boates da badalada ilha espanhola, procurou um sócio no Brasil para abrir uma franquia em Balneário Camboriú.

Essa procura resultou em uma parceria com a catarinense GH Mais Brasil, que está investindo R$ 6 milhões na Space B, terceira casa da empresa fora de Ibiza, e a primeira nas Américas, já conta com outras franquias em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e no Egito. O projeto é gigantesco: o clube está sendo erguido em um terreno de 158 mil metros quadrados e terá capacidade para até 10 mil pessoas.

Outros dois clubes espanhóis desembarcam em Santa Catarina: Privilége e Amnesia, também de Ibiza. Segundo a prefeitura de Balneário Camboriú, as empresas vão construir filiais na cidade. Para Gustavo Conti, sócio do Warung Beach Club, outro grande clube da região com capacidade para 4 mil pessoas, os maiores DJs do mundo pedem para tocar na região.

Com informações do Estadao


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.