CVV pretende abrir posto em Balneário Camboriú

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

cvvO CVV – Centro de Valorização da Vida, entidade voltada ao atendimento de pessoas que precisam de apoio emocional, pretende abrir um posto de atendimento na cidade de Balneário Camboriú. A informação foi repassada pelo coordenador do posto de Itajaí, André Luiz dos Santos durante visita à Câmara de Vereadores na tarde de quarta-feira (02).

André conversou com alguns vereadores que estavam na Casa e pediu apoio para abertura do posto. Segundo ele, mais de 50% dos voluntários que atendem na cidade vizinha são moradores de Balneário Camboriú. “Nós temos uma grande demanda de ligações de Balneário e como muitos dos nossos voluntários são daqui seria interessante abrirmos um posto na cidade” afirma.

A rede de atendimento conta com uma equipe de quase 2.000 voluntários em todo o país, os quais atendem, gratuitamente, cerca de um milhão de assistidos por ano, seja por telefone, chat, pessoalmente, VoIP ou e-mail e tem como princípio básico preservar o anonimato.

No próximo domingo (06), às 9h, no Auditório do Porto de Itajaí, o CVV vai promover um treinamento inicial para pessoas que queiram se tornar voluntários da instituição. As inscrições podem ser feitas no próprio dia ou antecipadamente pelo telefone (47) 3349-4111, ou pelo e-mail [email protected] Não há custos para a participação e nem limite de vagas. Para se tornar voluntário, é necessário ser maior de 18 anos de idade e ter disponível, pelo menos, cinco horas semanais para se dedicar ao trabalho.

Em Itajaí, o CVV está presente há seis anos e está localizado na rua Blumenau, n° 1962, na Barra do Rio. Atende por telefone nas sextas, sábados e domingos das 15h às 19h e de segunda à quinta-feira das 11 às 19 horas bem como pessoalmente nos mesmos horários, inclusive domingos e feriados.

Sobre o CVV
Fundado em São Paulo em 1962, o Centro de Valorização da Vida, é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973. A entidade presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar por sentirem-se solitárias, tristes ou angustiadas. O atendimento é feito pelo telefone 141.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -