Resgate Social /Migração faz operação relâmpago no centro

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Na última sexta-feira, 25, o departamento de Resgate Social/ Migração da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social de Balneário Camboriú desencadeou uma operação relâmpago em conjunto com a Polícia Militar, após denúncias de aglomeração de moradores de rua no centro da cidade.

A ação iniciou às 22h no calçadão da Avenida Central, onde os fiscais Santiago Martin Navia e Patricio Oliveira Paim, acompanhados por um policial militar, percorreram algumas ruas do centro em busca de moradores de rua agrupados e dormindo nas vias públicas, afim de orientá-los e auxiliá-los. A tarefa teve duas horas de duração e nesse período seis pessoas foram abordadas, sendo uma foragida da Justiça. Em outras ações integradas, já ocorreram casos semelhantes.

A parceria do Resgate Social com a Polícia Militar é extremamente importante para a comunidade no momento em que o abordado se encontra foragido da justiça, sendo que no local da abordagem o policial faz a consulta ao sistema verificando a situação de cada pessoa e efetuando a imediata prisão se necessário.

Para Paulo Roberto de Souza, diretor do departamento de Resgate Social /Migração, a principal função do setor é ajudar as pessoas que necessitam. “Algumas destas pessoas podem ter alguma dívida com a Justiça e necessitam quitá-las para poder voltar ao convívio com a sociedade, e é aí que entra o auxílio da Polícia Militar, dando suporte ao trabalho do Resgate Social e assim contribuindo para que a cidade seja cada vez mais segura para turistas e moradores. O nosso trabalho objetiva ações sociais que realmente promovam o resgate da cidadania”, conclui Paulo.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -