- PUBLICIDADE -

Balneário Camboriú apresenta menor número de pessoas em vulnerabilidade desde novembro

De janeiro a maio de 2021, a Abordagem Social e a Casa de Passagem do Migrante já atenderam mais de 1600 pessoas em vulnerabilidade

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – A Abordagem Social, da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, estima que há de 120 a 145 pessoas em situação de rua em Balneário Camboriú, menor estimativa desde novembro de 2020.

A Prefeitura Municipal, por meio da Abordagem Social, busca diminuir o número de pessoas em vulnerabilidade, respeitando os direitos humanos de cada um. Para isso, tem feito ações em comércios e condomínios com a distribuição de materiais informativos da campanha “Não dê esmolas, dê oportunidades”, que visa acolher e ressocializar estas pessoas.

De janeiro a maio de 2021, a Abordagem Social e a Casa de Passagem do Migrante já atenderam mais de 1,6 mil pessoas em vulnerabilidade, dessas, 838 nunca haviam recebido atendimento.

Dos atendidos neste ano, 510 receberam passagem para cidades com apoio de familiares ou terceiros e 198 foram internadas voluntariamente no Centro de Tratamento de Dependência Química.

Os moradores de rua podem solicitar abrigo na Casa de Passagem, localizada na BR-101, km 130 – Bairro Várzea do Ranchinho, ou na Secretaria de Inclusão Social, na Rua 2850, nº 303. Para entrar em contato com o plantão do Resgate Social o número é (47) 98839-7075 ou pela central no 156.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura
- PUBLICIDADE -