- PUBLICIDADE -

Bolsa família: 1.238 famílias de Balneário Camboriú recebem o benefício

Neste ano mais 307 famílias foram incluídas no programa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

BALNEÁRIO CAMBORIÚ –  A Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social de Balneário Camboriú tem uma das maiores taxas de atualização cadastral do Programa Bolsa Família do país. No município a taxa é de 74,59%, enquanto a média nacional é de 71,15%. Com a elevação dessa média, mais 307 famílias foram incluídas no programa em um ano de comparativo.

Os dados, disponíveis no Portal da Transparência do Governo Federal, são com relação a fevereiro e apontam que Balneário Camboriú atende 1.238 famílias, enquanto no mesmo período, em 2020, eram 931 famílias inscritas no programa. Com relação a valores, neste ano, o total repassado foi de R$ 205.139,00, um benefício médio de R$ 165,70 por família. No ano passado o repasse para o programa foi de R$ 156.121,00.

Uma das razões para esse resultado é o trabalho desenvolvido pela equipe da secretaria com ações voltadas para a busca ativa das famílias, atualização cadastral e a melhoria na gestão dos requisitos condicionados a saúde e a educação.

“A dedicação e o empenho da equipe do Cadastro Único, responsável pelo Bolsa Família e por outros programas, garantiu esse resultado, beneficiando mais famílias em Balneário Camboriú”, comemora a Secretária Christina Barichello. “Essa atualização cadastral mais eficiente proporciona um alívio para muitas famílias, que tiveram sua renda familiar reduzida devido à pandemia”, explica.

Cadastro Único

O Cadastro Único é um instrumento do Governo Federal para coleta de dados e informações com o objetivo de identificar todas as famílias de baixa renda existentes no país para fins de inclusão em programas de assistência social e redistribuição de renda.

O cadastro garante o acesso ao programa Bolsa Família e a outros como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o ID Jovem, a carteira do idoso, isenção de concurso público, a aposentadoria para pessoas com baixa renda e a tarifa social de energia elétrica.

Para ser beneficiado, além de cumprir requisitos específicos de cada programa, as famílias devem manter o cadastro atualizado que deve ser feito em, no máximo, 24 meses. Sem isso, o benefício pode ser suspenso.

Mais informações na Secretaria de Inclusão Social, que fica na rua 2850, nº 303. O telefone é o (47) 3264-0192.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.